seg, 24 de junho de 2024

Variedades Digital | 22 e 23.06.24

“Ficaram dançando tomando trago no evento e não foram lá socorrer as pessoas”

Vereador fez críticas à falta de atenção do Executivo durante as Campereadas em meio ao temporal e Maria Drekener questionou em que momento ele a viu “dançando e tomando trago”
Aquiles Pires (Foto: Cadu Lima/AP)

O vereador Aquiles Pires (PT) voltou a criticar o Poder Executivo nessa quarta-feira (15). Em um trecho de sua fala, o petista afirmou que, enquanto a população santanense precisava de ajuda com a queda da ponte do bairro São Paulo, a prefeita e integrantes do governo estavam participando da 39ª Campereada Internacional “dançando e tomando trago”.

“No dia que o Executivo estava todo na Campereada, que estava chovendo, quando a ponte do São Paulo caiu e nós estávamos lá, a vereadora Eva andava lá, porque ela mora lá, e eu não “tô” cobrando dela, eu “tava” cobrando do Executivo que “tava” na Campereada e ficaram dançando, tomando trago no evento e não foram lá socorrer as pessoas. É essa hipocrisia que eu não concordo”, disse o vereador em entrevista à Rádio RCC FM.

Nesta quinta-feira (16), a secretária de Assistência e Inclusão Social, Maria Drekener, rebateu as falas do parlamentar, ao vivo. “Eu gostaria de saber em que momento o vereador me viu dançando e tomando trago nas Campereadas?”, questionou.

Além disso, Maria enfatizou que em nenhum momento a comunidade ficou desamparada e que a sua equipe esteve sempre atendendo às pessoas em vulnerabilidade da cidade. “Se o vereador quiser, ele pode sentar lá no gabinete da Secretaria de Assistência e Inclusão Social que eu vou mostrar para ele as fotos do nosso atendimento. Porque enquanto julga, o nobre vereador, que estávamos bebendo e tomando trago, nós estávamos atendendo na rua”, finalizou Drekener.

Banrisul firma acordo para atender clientes servidores públicos estaduais e municipais diretamente atingidos pela enchente conforme Mapa Único do Plano Rio Grande

O Banrisul e o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul e a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, com a participação do Procon RS e do Procon do Município de Porto Alegre assinaram um acordo que prevê a prorrogação de operações de crédito consignado de servidores públicos do Estado e de municípios conveniados ao