dom, 14 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

FEDERASUL se une ao Instituto Ling na reconstrução do Estado como o próximo passo depois que a água baixar

O programa Reconstrói RS que inclui também a parceria do Instituto Floresta foi inspirado na comunidade de Nova Roma do Sul que reconstruiu com dinheiro privado a ponte levada pela enchente de setembro e que resistiu agora

Idealizado pelo Instituto Ling, que convidou a FEDERASUL para ser parceira, o programa Reconstrói, recebeu R$ 50 milhões da família Ling e já ganhou a adesão das Lojas Renner, de Salim Mattar (fundador da Localiza) e de Jayme Garfinkel (controlador da Porto Seguro). O movimento será crucial para os próximos passos do Rio Grande do Sul, principalmente depois que a água baixar. “Ele vai atuar no próximo passo”, diz o presidente do Instituto Ling, William Ling. Já, o presidente da FEDERASUL, Rodrigo Sousa Costa, lembrou da necessidade de reconstrução.

Os recursos serão destinados às comunidades que trabalham em reparos emergenciais de suas cidades e regiões. Através de sua rede de 194 Associações Comerciais virão as definições dos projetos prioritários para a reconstrução do Rio Grande do Sul depois da maior enchente da história do Estado. O Instituto Ling vai aportar inicialmente R$ 50 milhões para as obras mais urgentes. Esse valor, entretanto, deve aumentar porque estão sendo feitas captações também internacionais.

A ideia é que as lideranças empreendedoras vinculadas às Associações Comerciais coordenem discussões nos municípios atingidos e definam suas obras prioritárias. Ao serem encaminhados (depois de passar por avaliações de governança da FEDERASUL), os projetos devem ser rapidamente analisados para dar agilidade à tramitação. Todos os projetos devem possuir registro de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e cronograma físico-financeiro. Será necessário que o grupo de lideranças empresariais (proponentes) façam um aporte inicial que poderá ser de 50%, 2/3 ou 80% do valor total da obra, dependendo do volume de recursos que os municípios conseguirem reunir.

O presidente da FEDERASUL, Rodrigo Sousa Costa, disse que a intenção é valorizar os empreendedores ao chamar para si o protagonismo das soluções. Acrescentou que a iniciativa ao mesmo tempo estimula o espírito comunitário e o associativismo e desperta a capacidade empreendedora das pessoas. Segundo Costa essa ação terá um poder revolucionário, pois trará resultados concretos a partir de uma tragédia em que é precisar trabalhar muito e reunir esforços para superar.

O vice presidente de Integração da FEDERASUL, Rafael Goelzer acredita que além de reconstruir o Estado, a iniciativa representará uma evolução porque tornará as cidades mais resilientes às catástrofes.

Germano Rigotto

Morning Express

🇧🇷RESUMO-002☀️☀️☀️ ✅ NOTÍCIAS DO DIA – ANO 8 n° 2793 Dia 13 de Julho de 2024, Sábado DATAS COMEMORATIVAS Dia do Cantor Dia dos Compositores e Cantores Sertanejos Dia do Engenheiro de Saneamento Dia Mundial do Rock TEMPERATURA E INDICADORES FINANCEIROS ⛅ Mín 23° Máx 34° (Macapá-AP) 💵 Dólar Com: ⬇️ 0,2% R$ 5,43 💶 Euro: ⬆️ 0,18% R$ 5,92