ter, 25 de junho de 2024

Variedades Digital | 22 e 23.06.24

Aquiles faz críticas ao governo e Galo responde: “Por que não fizeram no governo passado e retrasado?”

Declarações foram feitas, ao vivo, na Rádio RCC FM
Galo Del Fabro e Aquiles Pires

Após a entrevista do vereador Aquiles Pires (PT) na Rádio RCC FM, nessa segunda-feira (22), onde fez duras críticas a gestão da prefeita Ana Tarouco (PL), o seu colega de parlamento, vereador Maurício Galo Del Fabro (PL), respondeu as declarações do petista durante o programa “Boa Tarde Cidade” desta terça-feira (23). “Ontem o que eu escutei aqui era que estava tudo péssimo, parecia que Sant’Ana do Livramento tinha desaparecido do mapa”, relatou Galo.

Entre sua declarações, Aquiles disse que os membros da gestão “são atrapalhados” e que há “indícios de má-fé” com relação a aplicação da emenda impositiva de sua autoria, referente a recursos para melhorias da quadra esportiva da escola Abreu Fialho. Ele também criticou a infraestrutura “precária” dos bairros e citou como exemplo a rua Irmão Lino de Azevedo, onde o ônibus não passa mais devido aos buracos. “O Executivo não gosta daquele pessoal”, disse.

Além disso, o vereador do PT fez duras declarações com relação ao sistema educacional e afirmou: “passaram três anos e estamos estagnados na educação”.

Por outro lado, Del Fabro, que é líder do governo na Câmara, lembrou que “esse governo investiu mais de R$ 20 milhões em asfalto” em Livramento. Protagonizou também a Reforma Previdênciaria, momento em que questionou: “Por que não fizeram no governo passado e retrasado?”

Galo complementou sua defesa dizendo que “nem tudo está como foi dito ontem aqui”, fazendo referência a entrevista de Aquiles. Sobre a educação pública municipal, Maurício destacou as “centenas de tablets” entregue aos alunos na gestão de Tarouco e que “governos passados entregaram meia dúzia”.

As entrevistas completas você pode acessar na página do facebook e no canal no YouTube da Rádio RCC FM.

 

Banrisul firma acordo para atender clientes servidores públicos estaduais e municipais diretamente atingidos pela enchente conforme Mapa Único do Plano Rio Grande

O Banrisul e o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul e a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul, com a participação do Procon RS e do Procon do Município de Porto Alegre assinaram um acordo que prevê a prorrogação de operações de crédito consignado de servidores públicos do Estado e de municípios conveniados ao