dom, 21 de abril de 2024

Variedade Aplateia | 20 e 21.04.24

Prefeitura presta contas das ações de 2023 na Câmara de Vereadores

Cada secretário apresentou os resultados da sua Pasta
Prestação de Contas ao Legislativo (Foto: Yuri Cardoso/AP)

O alto escalão do Governo Municipal esteve na Câmara de Vereadores, nessa segunda-feira (18), para prestar contas das ações da gestão referentes ao ano de 2023. Em um encontro longo, com duração de aproximadamente sete horas, cada secretário municipal explanou a realidade de sua Pasta, auxiliados pelo prefeito em exercício Evandro Gutebier (Republicanos). Além das secretarias, as duas autarquias municipais: Departamento de Água e Esgotos (DAE) e Sistema de Previdência do Município (SISPREM), também participaram do encontro. Logo após as apresentações, os vereadores tiveram um tempo para fazer seus questionamentos.

A Secretaria de Obras, por exemplo, apresentou um relatório das ruas onde foram realizadas as edições da operação “Tapa-buracos”, as localidades onde foram feitas substituições de bueiros, bem como as regiões que receberam limpezas em córregos, valas e arroios.

A Secretaria da Fazenda, por sua vez, destacou o aumento do quadro de servidores efetivos, proporcionando melhorias em diversas áreas da Pasta, bem como os programas de Financiamento de Dívidas Tributárias, que segundo a responsável, Gisela Alvarez, trouxe um significativo incremento nas receitas próprias municipais.

A prefeita Ana Tarouco (PL) não participou do encontro, pois encontra-se em viagem na Europa. Ela está integrando a comitiva de representantes dos municípios que estão participando da missão técnica internacional da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em Portugal.

Até quando mulheres serão mortas por serem mulheres?

Revoltante. Esta é uma das palavras que pode ser utilizada para adjetivar os casos de feminicídios que estão acontecendo na Fronteira “da Paz”. Onde está a sociedade quando um crime desses acontece? Sim, sociedade. Apesar dos territórios, sejam eles brasileiro ou uruguaio, terem por dever garantir a segurança dos seus cidadãos, todos que fazem parte da comunidade têm uma parcela