qua, 22 de maio de 2024

Variedades Digital | 18 e 19.05.24

Thomaz Guilherme se filia ao PL e partido da prefeita ganha reforço na Câmara

Agora a sigla passa a contar com duas cadeiras no Legislativo
Thomaz Guilherme e Ana Tarouco (Foto: Redes Sociais)

O vereador Thomaz Guilherme anunciou, na manhã desta segunda-feira (11), que está se filiando ao Partido Liberal (PL). Com a decisão, o parlamentar deixa o Partido Renovação Democrática (PRD). Agora, o partido, que é presidido pela prefeita Ana Tarouco em Sant’Ana do Livramento, passará a contar com duas cadeiras na Câmara, uma vez que o PL já possui a do vereador Felipe Torres.

Thomaz foi eleito em 2016 pelo então Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), mas em novembro do ano passado o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, por unanimidade, o registro do Partido Renovação Democrática, legenda criada pela fusão de PTB com o Patriota, o que fez com que os dois partidos existentes fossem extintos. Com isso, automaticamente, Thomaz foi filiado ao PRD, mesmo caso do vereador Lídio Mendes Melado.

A prefeita disse que ficou muito feliz com a filiação de Thomaz ao PL. “Eu acho que esse interesse reflete, primeiro a credibilidade que o PL de Sant’Ana do Livramento vem construindo ao longo desses últimos anos, é o trabalho que vem sendo visto e demonstrado, tornando aí o partido da situação, digamos assim, atrativo para pessoas como o Thomaz Guilherme, um vereador que tem se dedicado e que ao longo dos anos tem evoluído no exercício da vereança. Então fico muito feliz e satisfeita”, comentou Tarouco.

A chefe do Executivo também contou que a aceitação do vereador foi unânime no partido. “Uma pessoa que ao longo desses últimos anos tem estado conosco, tem construído com a construção da nova Sant’Ana que queremos, tem, de certa forma, se posicionado diante de questões muitas vezes difíceis, porque somos uma administração combatida e combatível. Atuamos muito fora do quadrante que a cidade estava acostumada, então, certamente não é fácil fazer a defesa do nosso governo muitas vezes, mas ele tem se mostrado bastante forte e proativo na linha daquilo que nos apresentamos: corajoso, forte e posicionado”, finalizou Ana.

JANELA

Em anos de eleições municipais, vereadoras e vereadores eleitos no pleito anterior poderão mudar de partido sem perder o mandato. Essa movimentação está prevista na Lei dos Partidos Políticos e é conhecida como janela partidária.

Em 2024, a troca de legenda partidária poderá ocorrer de 7 de março a 5 de abril, prazo final para a filiação exigido em lei  para quem pretende concorrer às eleições municipais deste ano. A janela partidária é aberta em qualquer ano eleitoral, seis meses antes da votação.