qua, 19 de junho de 2024

Variedades Digital | 15 e 16.06.24

Banrisul quer ampliar investimentos em inovação e transformação digital

 Nova diretoria da instituição financeira foi apresentada durante evento na capital gaúcha. Cerimônia também contou com a divulgação do posicionamento do banco

Inovação, transformação digital e modernização foram palavras que marcaram a cerimônia de apresentação da nova diretoria e das diretrizes de gestão do Banrisul. A cerimônia foi realizada no Salão Nobre da instituição, em Porto Alegre, na manhã desta segunda-feira, 20. A nova gestão tomou posse neste mês.

A programação envolveu um café da manhã para a imprensa e ainda contou com a presença do governador Eduardo Leite e do vice-governador Gabriel Souza. Ao se pronunciar, o presidente do Banrisul, Fernando Lemos, ressaltou que o banco é uma grande marca e um dos objetivos de promover investimentos em inovação é melhorar as experiências dos clientes e tornar a instituição mais atrativa no mercado.

“Podem esperar de nós um banco com produtos mais claros, com apetite comercial, maior velocidade em resposta moderna e tecnológica, onde a experiência do cliente será a mesma para a agência e para o aplicativo”, salientou. Ele ainda ressaltou que a inovação só faz sentido se gerar benefícios para o cliente e resultado para a empresa.

“Ser uma companhia inteligente é usar a inteligência artificial, os dados e a automação para ser mais eficiente e oferecer um produto e serviços melhores para os clientes. Essa gestão, portanto, estará atenta às transformações do mundo e do comportamento do consumidor. É uma diretriz nossa ser cada vez mais flexíveis e adaptáveis.”

Lemos retorna à presidência do Banrisul após 13 anos do encerramento da primeira gestão em que esteve à frente da instituição. A primeira passagem do advogado pelo cargo foi entre 2003 e 2010. “O cenário que eu vivi na minha primeira gestão como presidente é muito diferente do atual. O setor financeiro mudou, as tecnologias mudaram. E, mais do que tudo, o comportamento, as necessidades e as expectativas das pessoas foram transformadas. O mundo mudou. Só que, por outro lado, nem tudo mudou. A importância do olho no olho, do conhecimento de cada cliente, das necessidades, da conexão com a comunidade. Nada disso foi deixado de lado”, destacou.

Por Taís Fortes

Especial ADI

FOTO 2 (1)

CMPC confirma investimento no RS, mesmo após enchentes

A multinacional chilena CMPC confirmou que o investimento no Estado, anunciado durante a assinatura do protocolo de intenções com o governo estadual no final de abril, terá seguimento, mesmo após os eventos climáticos que atingiram o RS. A confirmação dos R$25 bilhões, que terão como destinação a instalação de uma nova planta industrial de produção de celulose em Barra do