ter, 21 de maio de 2024

Variedades Digital | 18 e 19.05.24

Santanense sobe ao ringue em um dos maiores eventos de Muay Thai do RS

Denis Suarez lutará na categoria até 69 kg neste sábado (06), em Porto Alegre
Denis Suarez realizou a preparação com Guilherme "Cobra" Jung, da equipe Sombra Team. Foto: Cedida

O atleta profissional e professor de Muay Thai, Denis Suarez, irá participar de um dos principais eventos da modalidade no Rio Grande do Sul. O The Contenders acontece neste sábado (06) em Porto Alegre e reunirá atletas de diversas regiões em desafios de diferentes categorias.

Praticante da arte marcial tailandesa há quase uma década, Denis representará a equipe Sombra Team, de Porto Alegre, mas é em Sant’Ana do Livramento que o atleta realiza sua preparação, dividindo-se entre os treinos com o mestre Luiz Eduardo Garagorri, lutador conhecido por ser o primeiro atleta uruguaio a participar do maior evento de MMA do mundo, o UFC.

Denis tem 10 anos de experiência na arte marcial tailandesa. Foto: Cedida

Para o The Contenders, Denis precisou conciliar a rotina diária de treinamentos e aulas com um novo desafio: ele é pai do pequeno Guilherme, de apenas 8 meses. Por isso, o santanense de 29 anos garante que a motivação e dedicação agora são ainda maiores. “Para quem quer viver do esporte, a dedicação precisa ser total, de domingo a domingo”, conta.

Denis conversou com o Jornal A Plateia sobre a preparação, os treinamentos e sua rotina em Sant’Ana do Livramento. Confira a entrevista completa:

Jornal A Plateia – Como foi a preparação para o evento? 

Denis – A princípio minha luta ia ser na categoria até 69 kg mas meu adversário passou mal no corte de peso e foi pro hospital, daí colocaram outro adversário em cima da hora, só que ele pesa 4 kg mais do que eu. Aceitei mesmo assim porque já estou aqui e quero muito lutar. Minha preparação foi feita em mais ou menos 40 dias, treinando três vezes todos os dias da semana com descanso apenas no domingo: treinos de musculação, muay thai, corridas e preparação física específica para a luta. Eu tive que fazer uma dieta bem restrita porque tava muito acima da minha categoria; quando aceitei a luta estava com 82kg, e tive esses 40 dias pra chegar. Hoje de manhã com 68,5 kg. Fiz uma desidratação de 4 kg de ontem pra hoje e tive a notícia que meu adversário foi pro hospital hoje de manhã, daí já comecei a hidratar de manhã mesmo. A pesagem seria às 15h mas não precisei esperar pra hidratar e comer pelo fato do meu novo oponente ter 76kg.

Jornal A Plateia – De onde vem a motivação para continuar, mesmo com todas as dificuldades?

Denis – Peguei um adversário bem mais duro e mais experiente, mas eu fiz muito para chegar aqui hoje, dei meu melhor em cada treino, em cada refeição e tive que conciliar tudo isso com minhas aulas. Deixei minha cidade, vim para Porto treinar e terminar a preparação, longe da minha família, do meu filho e dos meus amigos e isso se transformou em combustível para chegar onde eu quero mesmo sem patrocínio, apenas com a ajuda da família e dos amigos.

Jornal A Plateia – Como é viver do esporte aqui na fronteira?

Denis – Tô no muay thai há 10 anos e hoje posso dizer que vivo do esporte, trabalho com minhas aulas na minha casa, vou a domicílio dar aula também e estou trabalhando na Academia MV e na MP Fit. Na verdade, hoje poderia me dedicar apenas às aulas que me consomem boa parte do dia, porém tem algo em mim que precisa dessa guerra, passar por esse processo louco que é se preparar e subir no ringue. É algo que só quem vive conhece a sensação. Obviamente espero sair com a vitória pois é pra isso que treinamos mas independente do resultado eu quero subir lá e entregar o meu melhor mais uma vez e saber que eu fiz tudo o que eu pude, e como eu sempre digo: depois que subiu no ringue tem que estar disposto a morrer e eu tô pronto pra qualquer coisa!

O evento terá início às 15h e será sediado na quadra da Império da Zona Norte, localizada na avenida Sertório, bairro Navegantes.