seg, 17 de junho de 2024

Variedades Digital | 15 e 16.06.24

Cerpros e Nacional vencem no Sub 15, Vitéllio goleia na master e Mônaco larga na frente na Ouro

O último domingo antes da final do Citadino de Futsal foi marcado por quatro jogos e envolvimento de todas as categorias e diferentes fases da competição.
Foto: Arena Eventos/Divulgação

Para a garotada do Sub 15, que ocupou dois horários da quadra, e o master a rodada ainda era pela fase classificatória. Já na Ouro Mônaco e Assoesa estrearam na segunda fase.

Jogo 1

Santa Rita e Cerpros protagonizaram um belo jogo no primeiro tempo. A Santa Rita, ainda sem perder não contava com o suspenso pivô Guilherme e o Cerpros, embora com um número reduzidos de atletas, manteve a base do time. E os riverenses começaram já marcando com Gabriel Amado. A Santa Rita empatou no recomeço da partida com Pedrinho. O fixo Carlos soltou a bomba para recolocar o Cerpros na frente e Gabriel Amador fez o 3 X 1. A Santa Rita voltou a descontar com João Gabriel, mas o craque Yuri e Gabriel Amado aumentaram a vantagem do Cerpros para 5 X 2. A Santa Rita voltou para o jogo na segunda etapa forçando um pouco mais e no desvio após tiro de canto, Talyson descontou para 5 X 3. A pressão aumentou e no chute cruzado de Matheus, Talyson completou e o Santa Rita encostou no placar, 5 X 4. O jogo seguiu eletrizante e o lançamento longo encontrou o desvio de cabeça de Gabriel Amado, que fez o 6 X 4. A Santa Rita retomou a pressão e Pedrinho fez o 6 X 5. A pressão final da Santa Rita não teve mais efeito prático e a primeira derrota foi confirmada. Já o Cerpros comemorou muito o resultado.

Jogo 2

A derrota da líder teve reflexo no outro jogo da categoria, realizado logo a seguir. Nacional e Carolina tinham a chance real de alcançar ou encostar na Santa Rita. O confronto direto pela vice liderança começou marcado. O Carolina abriu o placar num belo gol de calcanhar o 11, Felipe. O outro 11, Juan Nicolas, do Nacional, empatou. Martin contra, fez o segundo gol do Carolina, mas o desvio de cabeça de Matias Silva venceu o goleiro Tomas, 2 X 2, foi o placar do primeiro tempo. O segundo tempo foi de correções do Nacional, que fixou José Nicolas, como pivô a frente da área. E quando o passe entrou ele girou sobre o marcador e deslocou o goleiro Gonzalo, 3 X 2, Nacional. O Carolina agiu rápido e na bomba de Endryus empatou o jogo pela terceira vez, 3 X 3. Endryus entrou para mudar a história do jogo e fez o quarto gol virando o jogo para o Carolina. O Nacional, porém não se entregou e foi9 em busca do empate com Matias. O jogo entrou no minuto final e aos 32seg do final José Nicolas deu a assistência e Diego Nicolas fez a nova virada, Nacional, agora líder 5 X 4, Carolina.

Jogo 3

A categoria master deu sequência a rodada com Portugal e Vitéllio. O Vitéllio se mostrou mais compactado defensivamente e efetivo do ataque. O goleiro Mexicano foi o primeiro a marcar. Nilson Radamés ampliou e Dico foi para quadra para ser o goleador do jogo. Ele marcou logo dois gols. Renato descontou para 4 X 1, mas Dico voltou a marcar o 5 X 1, Vitéllio. Ricardo Senna marcou o sexto e Luis Fernando diminuiu para Portugal, 6 X 2. segundo tempo começou com Ricardo Senna aumentando para 7 X 2, Vitélio. Portugal aumentou o volume de jogo mas pecava nas finalizações. Depois de perder alguns gols, João Francisco enfim descontou para 7 X 3. Fernando Mamadeira puxou contra ataque e fez mais um. O goleiro Álvaro descontou para Portugal, 8 X 4. Num jogo aberto os gols seguiram ocorrendo. No erro do goleiro de Portugal Nilson aumentou a vantagem para 9 X 4. Anderson se jogou na bola para diminuir para Portugal, mas Fernando Mamadeira fez um belo gol por cobertura e ampliou para 10 X 5. Nilson fez mais um e ainda deu passe para Elton fechar o 12 X 5, Vitéllio. Mamadeira livre aumentou o placar e Luis Fernando descontou, para 13 X 6. Ricardo Senna voltou a marcar. Elton num chute cruzado marcou o 15º gol do Vitéllio. Elton fechou o placar em 16 X 6 Vitéllio.

Ouro

Fechando o domingo de futsal ocorreu o jogo pelas quartas de final da Série Ouro, com Mônaco e Assoesa estreando na nova fase. O Mônaco com seu coringa Wesley, o Renteria. Já a Assoesa apenas dois Adriano, Rhian e Rafinha com os mais experientes e o restante era garoto da escolinha. Mesmo assim a equipe encarou o jogo com organização e estratégia. Adriano num jogada pessoal carregou pela direita e bateu cruzado, fazendo 1 X 0. O Mônaco mesmo mais cauteloso buscava o ataque e Leandro cortou para dentro da quadra e bateu de esquerda, empatando a partida. O Mônaco soltou o time e na infiltração pela direita, Luis Paulo venceu o goleiro João Thomaz e virou o placar, 2X 1, Mônaco. A Assoesa tomou a iniciativa e a bela jogada de Adriano acabou na assistência para Rhian empatar o primeiro tempo em 2 X 2. Na etapa final o Mônaco adiantou o time e passou a pressionar a saída de bola com Adriano e numa roubada de bola Luis Paulo voltou a marcar, 3 x 2 , Mônaco. A Assoesa manteve o controle da bola e quase empatou o jogo numa troca de passes, que Marcos não concluiu. O técnico Caio Flávio insistiu na mesma jogada e desta vez o garoto não desperdiçou, empatando o jogo em 3 x 3. A pressão no homem da bola seguiu sendo feita pelo Mônaco e Dudu surpreendeu Adriano e ficou livre para vencer o goleiro e virar o jogo para o Mônaco de novo, 4 X 3. A Assoesa ainda tentou o empate, mas num contra ataque no final, Vinicius bateu forte para vencer o goleiro e fechar o jogo em 5 X 3, garantindo a vantagem do Mônaco para a partida da volta. Luis Paulo foi eleito o melhor da noite.

A Arena Eventos e Fundação Arena, tem os patrocínios de, CFC Santanense, Movilcor, Delivery Much. C.C. Corretora de Seguros, Óticas Ricardo, Postos Larratea e Larratea Pet, Uniagro e Erva Mate Charme.

Solidariedade em prol do RS

Chegamos aos 80 mil Nessa jornada todos foram extremamente importantes. Nós, voluntários, queremos continuar. As doações pararam… estamos praticamente sem recurso financeiro para compra dos insumos. Estamos com novo pix,  Leda 51998075161 Nos ajuda a ajudar os outros. Obrigada Turma do Cachorro Quente menos