qua, 19 de junho de 2024

Variedades Digital | 15 e 16.06.24

Fluminense de Rivera conquista vice-campeonato da Copa do Mundo de futebol amador

Em seis participações, esta é a segunda vez que a equipe riverense chega à final da competição
Foto: Cedida

A história do riverense Hector Lara, mais conhecido como “Mingo”, está ligada ao futebol desde a infância. Filho do fundador do Frontera Rivera Chico Fútbol Club (atual Frontera Rivera Fútbol Club), Mingo sempre alimentou sua paixão pelo futebol. Ele chegou a ser diretor do clube entre os anos de 1997 e 1999, quando disputou a primeira divisão do campeonato uruguaio.

E foi movido pelo amor ao esporte que o arquiteto reuniu amigos para formar o Fluminense de Rivera e participar da 8ª Copa do Mundo de futebol amador, disputada entre os dias 25 e 30 de setembro na cidade do Rio de Janeiro. Representando o Uruguai na competição, os atletas sagraram-se vice-campeões na categoria master premium 55, em final disputada no Centro de Futebol Zico (CFZ).

Mingo conta que o clube surgiu de uma parceria no ano de 2002 com o Fluminense de Sant’Ana do Livramento, tradicional clube da fronteira. “Queríamos montar uma associação de parceiros de Livramento e Rivera para formar uma equipe de futebol e o então presidente do Fluminense, Ari Silveira de Castro, ajudou a construir o projeto. Já em 2003, fundamos o Fluminense Rivera, mas sempre ligados aos irmãos de Livramento”, conta.

Anos mais tarde, no ano de 2017, o Fluminense foi convidado pela primeira vez para participar da Copa do Mundo. De lá pra cá, a fronteira tem sido representada em todas as edições. “Nós sempre vamos representando o Uruguai, mas no nosso coração somos tanto uruguaios quanto brasileiros. Este foi o segundo ano que chegamos na final e é sempre um prazer participar” conta Mingo, orgulhoso. Além de participar da competição, eles também visitaram o centro de treinamento do Fluminense Football Club, no bairro das Laranjeiras.

Após o término desta edição, a equipe já se prepara para o ano de 2023, quando a Copa do Mundo deverá ser disputada em novembro. Até lá, o Fluminense de Rivera continuará mantendo suas atividades paralelas às atuações profissionais de seus atletas que, por meio do futebol, mantém vivo o sonho de colocar a fronteira em destaque em competições amadoras internacionais.

CMPC confirma investimento no RS, mesmo após enchentes

A multinacional chilena CMPC confirmou que o investimento no Estado, anunciado durante a assinatura do protocolo de intenções com o governo estadual no final de abril, terá seguimento, mesmo após os eventos climáticos que atingiram o RS. A confirmação dos R$25 bilhões, que terão como destinação a instalação de uma nova planta industrial de produção de celulose em Barra do