seg, 17 de junho de 2024

Variedades Digital | 15 e 16.06.24

Carolina e Vitéllio viram no Sub 15 e na master e Torino vence em jogo tumultuado na Ouro

O futsal voltou as noites de domingo com mais uma rodada do Citadino de Futsal.
Foto: Arena Eventos/Divulgação

Três jogos, um por categoria, foram realizados, com destaque para o clássico na categoria master entre Gaúcho e Vitéllio, brigando pela liderança. Uma característica marcante em todos os jogos foi o equilíbrio e o placar apertado

Sub 15

Carolina e Assaf abriram a série e a Assaf mais uma vez começou muito bem a partida mas sucumbiu ao volume do Carolina e ainda deu o azar de ver o craque do time, o pivô Mikael deixar a quadra lesionado. O Carolina começou pressionando e Endreyus fez o 1 X 0. A Assaf adiantou o time e até teve chances do empate, evitado pelo goleiro Gonzalo. Já o Carolina se livrou da pressão ampliando com Felipe. Luis Pedro, destaque da noite entrou em quadra e descontou para a Assaf. . Após algum tempo de equilíbrio o Carolina
fez o terceiro gol com Wellington e o quarto com Felipe. No segundo tempo o Carolina manteve a efetividade e fez mais dois gols com Endreyus e Guilherme. Mas então veio a reação da Assaf. Mikael apareceu e fez dois bonitos gols, um deles driblando o goleiro e tirou a diferença para 6 X 3. Ainda foi dele a assistência para o quarto gol de Hugo. A Assaf voltou para o jogo e na pressão sobre o Carolina Luis Pedro ainda fez o quinto gol. A diferença de um gol para o Carolina deu ainda mais emoção ao final da partida. Mesmo perdendo Mikael, que sofreu um entorse no joelho após um choque, a Assaf pressionou mas o tempo se esgotou e o Carolina segurou o 6 X 5 e venceu.

Virada

No clássico da categoria master Gaúcho e Vitélio disputaram a liderança do campeonato. Com dois tempos distintos o Gaúcho jogou no erro do Vitéllio no primeiro tempo. Diante de um adversário que arriscou o tempo todo o Gaúcho pressionou a saída de bola e fez 1 X0,com Sergio Amado. No segundo gol Amado pressionou o goleiro linha Mexicano e ao recuperar a bola tocou para o gol vazio. A jogada a se repetiria duas outras vezes com Padilha e Luis Paulo ampliando para 4 X 0. Rodrigo Chorica descontou para 4 X 1 e Fernando Mamadeira fez o segundo do Vitéllio. Mas o Gaúcho seguiu explorando a pressão no goleiro linha do Vitéllio e Hélinho fez por cobertura o 5 X 2. O Vitéllio até atacou e teve chances no primeiro tempo, mas parou na atuação magistral do goleiro Sergio Bastos, do Gaúcho. Mas Mexicano se recuperou ao fazer o 5 X 3.
Na etapa final o Vitéllio corrigiu seus erros e voltou descontando novamente com Mexicano, 5 X 4. Melhor no jogo o Vitéllio empatou com Rodrigo e virou para 6 X 5 no belo gol de Flávio, driblando três defensores do Gaúcho. Paulo Capincho ainda empatou para o Gaúcho, mas Fernando Mamadeira fechou sua bela atuação marcando o gol da vitória do Vitéllio por 7 X 6.

Ouro

Torino e Assaf entraram em quadra classificados, mas quem disse que o jogo foi morno. Muito pelo contrário. O jogo foi tumultuado, com entradas fortes e muita discussão, além de expulsões. A Assaf, jogando com um bonito uniforme rosa em alusão a campanha Outubro Rosa, começou melhor e abriu o placar com Wagner. O Torino reagiu e no rebote da defesa o pivô Junior empatou. O jogo era equilibrado, mas o Torino pressionava a saída de bola da Assaf e foi assim que recuperou a bola no ataque e Junior virou o jogo para 2 X 1, Torino. O jogo era de entradas fortes e gerou duas expulsões em sequência para a Assaf. Na primeira o garoto Davi deixou braço e atingiu o atleta do Torino. Já Jadson para o contra ataque comum falta forte e levou vermelho direto. O Torino se aproveitou para fazer o 3 X 1 com José Pedro. No segundo tempo o clima do jogo seguiu tenso com muita pressão sobre a arbitragem e provocações entre os atletas. Quando a bola rolou o Torino ampliou com Alisson. Os momentos seguintes foram de pressão da Assaf, que descontou no desvio de cabeça de Gil e no chute forte de Jeferson. O 4 X 3 no placar elevou a pressão da Assaf na busca do empate. Mas numa escapada no minuto final, Alisson fez o 5 X 3. Mas o clima pesado persistiu e a 6seg do final Leo arrancou para o ataque e foi atingido por Gian. O jogador da Assaf foi atingido no tornozelo e acabou deixando a quadra carregado. Depois de novas discussões, Gian foi expulso, assim com Bruno, da Assaf,por reclamação. A Assaf não voltou para jogar os segundos finais e o 5 X 3, Torino foi mantido.

A Arena Eventos e Fundação Arena, tem os patrocínios de, CFC Santanense, Movilcor, Delivery Much. C.C. Corretora de Seguros, Óticas Ricardo, Postos Larratea e Larratea Pet, Uniagro e Erva Mate Charme.

Solidariedade em prol do RS

Chegamos aos 80 mil Nessa jornada todos foram extremamente importantes. Nós, voluntários, queremos continuar. As doações pararam… estamos praticamente sem recurso financeiro para compra dos insumos. Estamos com novo pix,  Leda 51998075161 Nos ajuda a ajudar os outros. Obrigada Turma do Cachorro Quente menos