seg, 15 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Morning Xpress

Germano Rigotto

∂Bolsas mistas nesta quinta-feira. O EuroStoxx cai 0,2%, enquanto os futuros do S&P 500 e do Nasdaq100 avançam 0,2% e 0,5%, respectivamente. As bolsas na Ásia fecharam em queda, com Nikkei derretendo 3,1% e o Hang Seng cedendo 2,0%. O VIX sobe 1,4 ponto para 30,5 pontos. Nas moedas, o DXY avança 0,3% para 96,8. As moedas de emergentes operam em alta contra o dólar, com exceção da lira turca. Nas commodities, o preço do petróleo está estável em USD 90,0/bbl, os futuros curtos do minério de ferro também estão de lado em 137,8 dólares por tonelada e os grãos operam em queda. A treasury de 2 anos sobe quase 4 bps, enquanto as de 10 e 30 anos caem 2 bps.

Após comunicado lido como dovish, a coletiva de pós-FOMC de Jerome Powell derrubou os mercados. O presidente do Fed disse que, desde o último encontro, houve piora na inflação americana e que provavelmente ela se estenderá por mais tempo. Diante disso, disse explicitamente que os membros devem aumentar a taxa de juros já na reunião de março e deu a entender que o Fed ficará responsivo aos dados, disposto a discutir aumentos de juros em todas as reuniões até o final do ano (faltam 7). O mercado precificava 4 hikes anteontem e agora passa a ver 5.
Há ainda a dúvida quanto ao prazo e ritmo na redução do balanço do Fed. Não houve detalhamento do ritmo e data, apenas um comunicado que o FED gostaria de manter principalmente treasuries em seu balanço, saindo do mercado de crédito privado, e sinalizando que a redução de hipotecas (MBS) pode ser mais rápida.

Os futuros do S&P e do Nasdaq estavam em queda durante a madrugada, mas inverteram sinal e avançaram com a entrada de dip buyers.

Na China, autoridades estão considerando uma proposta para desmantelar a Evergrande, vendendo a maior parte de seus ativos. O resultado financeiro dessas vendas seria usado para pagar os credores do grupo.

Temporada de resultados: No S&P, 119 de 500 empresas reportaram resultados do 4º trimestre, 80% delas acima do esperado, com surpresa agregada de 5%. Na Nasdaq, 278 de 3140 empresas reportaram, 66% delas acima do esperado, com surpresa de 9%. No EuroStoxx 600, 43 de 447 empresas reportaram, 64% delas acima do esperado, com surpresa agregada de 15%.

No Brasil, governadores decidem prorrogar o congelamento do ICMS sobre combustíveis por mais 60 dias, contados a partir de 1º de fevereiro. A medida ainda precisa ser ratificada hoje pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) (https://bit.ly/3H64crx).
Em fala a apoiadores, Bolsonaro disse que a PEC dos Combustíveis, que prevê a possibilidade de redução de impostos federais e estaduais sobre energia e combustíveis, já está acertada com o Ministério da Economia. O presidente não trouxe mais detalhes (https://bit.ly/3G0a0Bf).

Agenda BCB: Presidente e diretores cumprem período de silêncio pré-Copom.

Agenda: Nos Estados Unidos, teremos agenda cheia às 10:30, com pedidos semanais de auxílio-desemprego (exp. 265k). O departamento de comércio divulga as encomendas de bens duráveis de dezembro (exp. -0,6%). Também neste horário será divulgado o PIB anualizado do 4º trimestre, com expectativa de 5,5% t/t, além do núcleo do PCE (exp. 4,9% t/t). Às 12:00, teremos vendas de casas pendentes de novembro (exp. -0,4% m/m) e às 13:00 o Kansas City Fed Manufacturing Activity.

Frase do dia na Bloomberg: “I never lose sight of the fact that just being is fun.” — Katharine Houghton Hepburn

Bons negócios!

XP Macro Strategy

 

 

Em reunião com governador, Lorenzoni questiona impacto de plano que vai aumentar salário do funcionalismo

O líder da bancada do PL, Rodrigo Lorenzoni, acompanhado do deputado Claudio Tatsh, esteve reunido com o governador Eduardo Leite e secretários de Estado na tarde desta segunda-feira (15). A pauta do encontro foi o plano Reconstrução do Rio Grande – Estratégia de Pessoal, já apresentado a deputados da base, a entidades e a parlamentares do PT, PSOL e PCdoB

Associação dos consórcios públicos gaúcho visita o presidente do TCE-RS

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), conselheiro Marco Peixoto, recebeu esta tarde (15) a visita da diretoria da Associação dos Consórcios Públicos (AGCONP). Também estiveram na reunião representantes de 19 associações. Durante o encontro, as entidades agradeceram e destacaram a importância da atuação do Tribunal na garantia da aplicação correta dos recursos públicos. O presidente Marco Peixoto