dom, 14 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

“Isso é coisa de Mãe” – Conheça a história de Jaqueline Dias Borges

Na semana que antecede o Dia das Mães, o Jornal A Plateia conta a história das mulheres da Fronteira que, nesse momento de pandemia, precisam conciliar a maternidade, o trabalho, os estudos dos filhos, a casa e os momentos de lazer caseiros.
Foto cedida/AP

Jaqueline Dias Borges, conhecida carinhosamente como Aca, nasceu em Porto Alegre, mas aos 13 anos de idade se mudou para Sant’Ana do Livramento onde fez o seu lar. Aqui teve seus cinco filhos, Franciele (27), Carol (25), Dienifer (24), Brenda (16) e João Vitor (9).

Em 2008, começou a trabalhar na construção civil com seu irmão. Para Aca, esse momento não foi nada fácil, precisou aprender muitas coisas novas, além de se adaptar ao trabalho que até então era feito exclusivamente por homens. “Nunca desisti de aprender, até o dia em que meu pai e meu irmão me convidaram para trabalhar como ferreira deles, nas obras”.

Aca trabalha como ferreira armadora nas obras, esse profissional realiza a montagem de armações e estruturas de concreto e aço em obras, aplica pilares, vigas e lajes e confere material a ser utilizado.

“No começo fiquei com muito receio, mas o apoio deles foi fundamental. Hoje sou ferreira e me orgulho de poder ensinar outras mulheres a exercer essa profissão. Nós mulheres somos capazes de desempenhar cargos, que antes só homens desempenhavam”.

Segundo Aca, o começo foi muito difícil, conciliar o trabalho, os filhos e a casa. Para ela, o apoio da familia foi essencial nesse momento.  “Hoje em dia, as minhas filhas mais velhas moram em suas casas, construíram as suas famílias, mas os dois pequenos moram comigo, e são meus parceiros. O início da pandemia foi bem difícil, precisamos ficar em casa, mas logo voltamos ao trabalho, com todos os cuidados, até hoje. Nesse momento que fiquei em casa, tive mais tempo com os menores e foi através das dificuldades que fiquei mais forte”.

Emocionada, Aca, agradece ao seu pai, seu Catito, seu irmão Paíca, por todo apoio e incentivo que sempre recebeu, e aos seus filhos. “Se eu sou alguém hoje, é graças ao meu pai e meu irmão, que sempre estiveram ao meu lado, e aos meus filhos. Tudo que fiz e faço é pelos meus filhos, que são tudo pra mim.

 

Debora Castro

[email protected]

Aca ao centro de capacete branco
Aca com seus filhos, Fran, Dieni, João Vitor, Brenda e Carol
Aca com seu pai Argelino dos santos Borges, conhecido como seu Catito e seu irmão Paulo Dias Borges, conhecido como Paíca
Jaqueline Dias Borges dia das mães homenagem
Foto cedida/AP

 

Germano Rigotto

Morning Express

🇧🇷RESUMO-002☀️☀️☀️ ✅ NOTÍCIAS DO DIA – ANO 8 n° 2793 Dia 13 de Julho de 2024, Sábado DATAS COMEMORATIVAS Dia do Cantor Dia dos Compositores e Cantores Sertanejos Dia do Engenheiro de Saneamento Dia Mundial do Rock TEMPERATURA E INDICADORES FINANCEIROS ⛅ Mín 23° Máx 34° (Macapá-AP) 💵 Dólar Com: ⬇️ 0,2% R$ 5,43 💶 Euro: ⬆️ 0,18% R$ 5,92