seg, 15 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Zona segura, antídoto para o crime

Tenente-Coronel Zucco
Deputado estadual/PSL

O uso de câmeras de videomonitoramento constitui um avanço que revolucionou a segurança pública. Além de identificar os marginais em tempo real permite recuperar os bens subtraídos, principalmente veículos. Esta tecnologia, no entanto, não evitava o trauma sofrido pelas vítimas, fazendo com que o cidadão sinta-se invadido, humilhado e vilipendiado em sua dignidade.

Recentemente estive em Tramandaí com o prefeito Major Gauto para colocar em funcionamento o sistema de monitoramento denominado Zona Segura. Consiste na identificação, com luzes piscantes e avisos sonoros, das câmeras de videomonitoramento. Objetivo é devolver ao cidadão espaços públicos tomados pelos bandidos. O projeto também já foi implantado em Lajeado e outras 20 prefeituras já manifestaram interesse.

Em poucas palavras, o projeto Zona Segura é a presença do Estado para evitar o crime, antecipando-se à ocorrência, protegendo o cidadão-vítima. Uma das bases é o chamado “efeito mariposa” que leva as pessoas a ocupar lugares iluminados. Já os marginais preferem o anonimato da escuridão para se valer do fator surpresa para fazer vítimas.

A identificação dos lugares prevê o reforço da proteção às câmeras de vídeo. Em algumas cidades foi possível registrar uma redução de 43% a partir da adoção do sistema. Em Londres, uma das pioneiras, o sistema resultou em significativa redução dos índices de violência.

O projeto Zona Segura prevê o emprego de diferentes cores de luzes de advertência e de sons de acordo com as circunstâncias. Pode servir de alerta para ocorrências policiais registradas na proximidade ou servindo de aviso para o cidadão ao denunciar a presença de malfeitores a partir de uma central para onde convergem as imagens.

Associação dos consórcios públicos gaúcho visita o presidente do TCE-RS

O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), conselheiro Marco Peixoto, recebeu esta tarde (15) a visita da diretoria da Associação dos Consórcios Públicos (AGCONP). Também estiveram na reunião representantes de 19 associações. Durante o encontro, as entidades agradeceram e destacaram a importância da atuação do Tribunal na garantia da aplicação correta dos recursos públicos. O presidente Marco Peixoto

Hamilton Mourão conduz debate no Senado sobre recuperação da agricultura no RS

A Comissão Temporária Externa do Senado que acompanha o enfrentamento da calamidade provocada pelas enchentes no Rio Grande do Sul (CTERS) promoveu nesta segunda feira (15), uma audiência pública para debater o papel da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) na recuperação dos setores agrícola e pecuário gaúchos. O requerimento para o debate foi apresentado pelo relator da comissão, senador