seg, 15 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Feira municipal do peixe estima comercialização de uma tonelada de pescado

 

Já tradicional no munícipio, a Feira Municipal do Peixe está acontecendo na Praça General Osório nesta semana. A estimativa da Associação de Piscicultores é comercialização aproximadamente de uma tonelada de pescado nos próximos dias. Por conta do decreto municipal que proíbe aglomerações e dispõe uma série de regras para quem for comercializar produtos neste período, a organização da feira está cumprindo as normas como a utilização de EPIs como máscaras e luvas além de fornecer álcool em gel para o clientes.

Foi montada também uma tenda na praça com um cordão de isolamento para que os clientes respeitam as regradas de distanciamento. Conforme o produtor e presidente da Associação de Piscicultores, Régis Martins, mesmo em meia a crise da pandemia do coronavírus a expectativa de vendas se mantém dentro da média dos outros anos.  “A gente fez de tudo para que a feira pudesse acontecer. Conversamos com a prefeita e dentro dessas condições de trabalho, com a utilização de EPIs e o pessoal organizando a fila conseguimos atender bem todo mundo. Nós temos aqui somente carpas, nas variedades, capim, húngara e prateada. A feira está aberta das 9 horas da manhã até 18h30 e o preço é R$20,00 reais o quilo de qualquer uma das variedades” comenta.

Segundo o produtor a carpa é um excelente peixe para preparar de maneira assada ou recheada. A feira irá durar até terminar o estoque de pescado.

Foto e texto – Matias Moura

[email protected]

Terra sem-lei

Certamente você já ouviu falar na expressão “terra sem-lei”. A expressão refere-se a um lugar onde todos fazem o querem, sem pensar nas consequências, o que não é o caso do Brasil. O exemplo claro disso é a decisão, desta semana, do juiz Everton Padilha Soares, do Juizado Especial Cível da Comarca de Sant’Ana do Livramento. O magistrado condenou o

Agilidade para liberar renegociação

Só depende de votação do Senado Federal a criação de um REFIS para os débitos contraídos pelos partidos políticos brasileiros em razão de descumprimento de obrigações referentes a prestações de contas, cumprimento de prazos ou ainda por eventual uso indevido de recursos de fundos partidário ou eleitoral. A Câmara dos Deputados já aprovou a PEC que propõe o refinanciamento de