seg, 15 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Andrea Bocelli fará live direto da Catedral de Milão vazia no domingo de Páscoa

Andrea Bocelli, um dos tenores mais famosos do mundo, se apresentará na vazia Catedral de Milão, ou Duomo di Milano, no domingo de Páscoa, em um concerto transmitido ao vivo que simboliza amor, esperança e cura em meio à pandemia do novo coronavírus.

O cantor italiano será acompanhado apenas pelo organista da catedral, Emanuele Vianelli, tocando um dos maiores órgãos de tubos do mundo em um repertório de obras sagradas, incluindo “Ave Maria”, de Pietro Mascagni.

O show será transmitido no canal do YouTube de Bocelli às 14h (horário de Brasília) no domingo (12).

“Estou honrado e feliz em responder ‘Si’ ao convite da cidade e do Duomo de Milão. Acredito na força de rezar juntos; acredito na Páscoa cristã, um símbolo universal de renascimento que todos – sejam crentes ou não – realmente precisam agora”, disse Bocelli.

A Itália, que permanece em isolamento, teve o maior número de mortes no mundo pela Covid-19, com 16.523 mortes até segunda-feira e quase 133 mil casos. Milão e a região circundante da Lombardia foram as mais afetadas pela pandemia.

“Graças à música, transmitida ao vivo, reunindo milhões de mãos entrelaçadas em todo o mundo, abraçaremos o coração pulsante da Terra ferida”, acrescentou Bocelli.

O prefeito de Milão, Giuseppe Sala, disse: “Este ano, a Páscoa será muito diferente para todos nós … tenho certeza de que a voz extraordinária de Bocelli será o abraço que estamos perdendo nos dias de hoje, um forte abraço especial , capaz de aquecer o coração de Milão, Itália e o mundo”.

Fonte: G1

Terra sem-lei

Certamente você já ouviu falar na expressão “terra sem-lei”. A expressão refere-se a um lugar onde todos fazem o querem, sem pensar nas consequências, o que não é o caso do Brasil. O exemplo claro disso é a decisão, desta semana, do juiz Everton Padilha Soares, do Juizado Especial Cível da Comarca de Sant’Ana do Livramento. O magistrado condenou o

Agilidade para liberar renegociação

Só depende de votação do Senado Federal a criação de um REFIS para os débitos contraídos pelos partidos políticos brasileiros em razão de descumprimento de obrigações referentes a prestações de contas, cumprimento de prazos ou ainda por eventual uso indevido de recursos de fundos partidário ou eleitoral. A Câmara dos Deputados já aprovou a PEC que propõe o refinanciamento de