seg, 15 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Criminosos com roupas da Polícia Civil assaltam propriedade rural em Sant’Ana do Livramento

Foto: Marcelo Pinto/AP
Por: Murilo Alves

Pelo menos seis homens teriam participado da ação

Na madrugada desta terça-feira uma família que reside na zona rural de Sant’Ana do Livramento foi mantida como refém por horas. O assalto teve início ainda na noite de segunda, quando seis homens chegaram à propriedade vestidos como policiais civis e mostraram um suposto mandado de busca à residência.

Após ver o documento, o proprietário da casa autorizou a entrada dos criminosos que, na sequência, anunciaram o assalto e deram início às agressões. Com toda a família amarrada, começaram as demandas. Pouco tempo depois, o bando deixou a residência levando alguns objetos, celulares e uma quantia em dinheiro.

A família ainda permaneceu amarrada por um tempo até conseguir se livrar das amarrações feitas pelos bandidos e, só então, pode buscar ajuda com um vizinho. A Brigada Militar foi acionada e já deu início nas buscas pela região, próxima à localidade conhecida como Tafona.

A Polícia Civil também está trabalhando no caso e, de acordo com a Delegada Ana Tarouco, é um trabalho de difícil elucidação por envolver fatores como o horário, localização e quantidade de integrantes. A Delegada disse ainda que há uma grande probabilidade dos homens terem realizado o assalto com a intenção de encontrar armas de fogo na propriedade, já que não foram encontradas, outros bens foram levados.

Terra sem-lei

Certamente você já ouviu falar na expressão “terra sem-lei”. A expressão refere-se a um lugar onde todos fazem o querem, sem pensar nas consequências, o que não é o caso do Brasil. O exemplo claro disso é a decisão, desta semana, do juiz Everton Padilha Soares, do Juizado Especial Cível da Comarca de Sant’Ana do Livramento. O magistrado condenou o

Agilidade para liberar renegociação

Só depende de votação do Senado Federal a criação de um REFIS para os débitos contraídos pelos partidos políticos brasileiros em razão de descumprimento de obrigações referentes a prestações de contas, cumprimento de prazos ou ainda por eventual uso indevido de recursos de fundos partidário ou eleitoral. A Câmara dos Deputados já aprovou a PEC que propõe o refinanciamento de