qua, 17 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Obra literária contando um século de história do 2º RPmon é lançada com sucesso

Em uma noite de encontros, o Livro que leva o título “2°RPMon – Um século em Santana do Livramento, foi apresentado ao público na última terça-feira (28)

Aconteceu na noite desta terça-feira (27) no Quartel do 2°RPMon na Rua Ângelo Mello o Lançamento do Livro em homenagem aos 100 anos da Brigada Militar em Livramento. Com o título “2°RPMon – Um século em Santana do Livramento”, a obra é escrita pelo policial Luis Eduardo Couto Pereira com produção do CTG Presilha do pago. O Livro que foi apresentado no auditório da Brigada Militar para um grande público e narra passagens importantes da instituição em Santana do Livramento desde as participações em revoluções bem como o importante trabalho que é realizado pela corporação a um século em nosso município.  O Livro tem o custo de R$ 40,00.

Confira a sinopse da obra:

Chegar aos 100 anos para uma Instituição requer reconstruir os fatos que alicerçaram este espaço histórico e verificar sua relação com o contexto social onde está inserido. Criar uma Unidade da Brigada Militar na longínqua Fronteira da Paz no início do século XX foi uma necessidade frente ao que na atualidade seria denominado de crise social.

Neste cenário, a Brigada Militar empregou de forma provisória seu efetivo vindo da cidade de Santa Maria/RS para que após três anos, o Comandante Geral propusesse a criação de um Regimento de Cavalaria para vigiar a Fronteira.

Desta forma, convidamos você, a viajar através da leitura para compreender a relação colonial e a necessidade de defesa territorial passando pela mudança do regime Monárquico para o Republicano. A mudança potencializou a adequação das estruturas e instituições na prestação de serviço as comunidades. Estas serão relatadas para demonstrar ao leitor, a relação do 2º R P Mon frente aos mais diversos períodos históricos, sejam eles, do período entre guerras, seja na transição da fase do aquartelamento para o policiamento.

Chegar aos anos da Constituição Cidadã nos proporcionará vivenciar novos tempos na prestação do serviço a comunidade e a necessidade de compreender nossa função social. O emprego de homens e mulheres através de suas fardas proporcionará reconstruir a história imaterial que cada um possui por ter vivido ou escutado frente a uma Corporação que zela pelo lema “A Força da Comunidade” e que tem no “Heroico” uma referência em todo o Estado do Rio Grande do Sul. Cem anos passaram e as lembranças serão reconstruídas ou conhecidas pelos relatos de personagens que por diversos fatores fizeram e fazem parte deste Centenário.

Do Caty a Rua Angelo Mello, o espaço geográfico será minimizado pelos relatos que farão você ler e reportar-se ao fato histórico.

Agora é momento de ler e fazer parte da História do 2º R P Mon, o “ Heroico”.

Luis Eduardo Couto Pereira

Autor da obra

Fotos : Marcelo Pinto

Postado Por Matias Moura

Executivo pode estar querendo induzir Legislativo a irregularidade, adverte Lorenzoni

Depois de conhecer a estimativa do governo para o custo do pacote que prevê a reforma nas carreiras do funcionalismo, o deputado Rodrigo Lorenzoni foi à tribuna da Assembleia Legislativa RS, para manifestar suas principais preocupações. A bancada do PL, segundo o líder Rodrigo, “respeita, reconhece a importância do trabalho do servidor público e, da mesma forma, reconhece a legitimidade