qua, 19 de junho de 2024

Variedades Digital | 15 e 16.06.24

Clube de Mães auxilia 185 pessoas carentes desde crianças até idosos

Voluntárias do bairro São Paulo contam com ajuda da comunidade para ajudar e alimentar os mais necessitados

Uma história de quem com o pouco que tem faz multiplicar cuidado, carinho e solidariedade. Dona Zoraide criou o Clube de Mães Nossa Senhora há 15 anos. A ONG fica localizado na Rua Alcides Ferreira dos Santos nº 241, no bairro São Paulo.
A senhora de 68 anos com ajuda de voluntários e doadores da comunidade alimenta 185 pessoas carentes do bairro, desde crianças até adultos que não tem nenhuma renda para conseguir suprir suas necessidades.
Dona Zoraide conta que decidiu ‘se doar’ para quem precisa porque quando era criança passou por dificuldades financeiras e muitas vezes não tinha nem o que comer. “Quando eu era criança passamos muito trabalho. Fui criada com a minha avó. Minha tia tinha 9 filhos e eu via meus primos dormindo em baixo de uma mesa no chão puro. O colchão era um pano e como não tinham cobertas ficavam tapados de casacos”, conta.
Através de doações, a casa distribui café da manhã, almoço e janta de segunda a sexta-feira. No sábado apenas café da manhã. “Não fazemos mais no fim de semana porque as colaboradoras que são voluntárias se doam para isso. No fim de semana elas tem que dar atenção a casa delas. Mesmo assim vem duas de manhã no sábado para dar o café”, comenta Zoraide.
A voluntária conta que há pouco tempo uma menina foi pedir alimentos para a mãe cozinhar porque na casa não tinham. “Eu disse que só tinha feijão e ossinho de porco. Ela me disse: Mas isso também me serve, pra minha mãe fazer pra nós. Então isso dói na gente, ver a dificuldade batendo a porta”, diz.
Para quem quiser ajudar com qualquer tipo de doação basta entrar em contato pelo telefone 996297039 ou direto no endereço do clube. O que mais necessitam no momento são os alimentos para fazer a sopa que distribuem para as pessoas que a ONG auxilia. Com ajuda das doações, também realizam trabalhos artesanais na casa que depois são vendidos por um valor acessível no brechó do clube.

CMPC confirma investimento no RS, mesmo após enchentes

A multinacional chilena CMPC confirmou que o investimento no Estado, anunciado durante a assinatura do protocolo de intenções com o governo estadual no final de abril, terá seguimento, mesmo após os eventos climáticos que atingiram o RS. A confirmação dos R$25 bilhões, que terão como destinação a instalação de uma nova planta industrial de produção de celulose em Barra do