qua, 19 de junho de 2024

Variedades Digital | 15 e 16.06.24

Parte de residência é engolida por cratera na Rua Marquês Pavão

Fotos Matias Moura

Parte da estrutura da galeria de esgoto que corta a região regional da cidade está comprometida há mais de 3 meses e com as chuvas torrenciais da semana passada a situação se agravou.

A situação que já estava grave, piorou com a chuva da última semana. Há cerca de três meses um trecho da galeria de esgoto que cruza pela região central da cidade inclusive embaixo da Avenida João Goulart, desabou próximo à Rua Marquês Pavão. Desde então a prefeitura municipal com a apoio da Defesa Civil insolaram a área que fica aos fundos de um posto de gasolina e ao lado de um residência desabitada que foi condenada pelos órgãos públicos.

Só que com a chuva da semana passada parte da garagem da residência acabou sendo engolida pela cratera que se formou. A reportagem do Jornal A Plateia esteve no local na manhã desta terça-feira(4) e o pode constatar o grande estrago que foi causado na estrutura da casa, além da garagem que foi completamente perdida, as paredes já estão com rachaduras e parte do muro que cerca o imóvel também já apresenta danos.

Segundo informado pelo secretário de Obras, Ricardo Dutra, existe agora uma corrida contra o tempo para recuperação da galeria o que deverá contar com recursos oriundos de um laudo encaminhado a Defesa Civil.

Ainda no mês de agosto técnicos do Ministério da Integração Nacional vistoriaram locais críticos atingidos pelos temporais no último mês de maio do decorrente ano. Foram inspecionadas ruas e pontes em vários bairros do município acompanhados do secretário de Obras, Ricardo Dutra, do coordenador da Defesa Civil, Flavio Pintos, e do engenheiro Nicolas Quines. Os técnicos foram enviados para conferir in loco os trechos que estão no plano de resposta apresentado em Brasília, a vistoria teve por finalidade a captação de recursos para as obras. Um dos locais que foi vistoriado pelos técnicos foi justamente a galeria, agora só resta torcer para que a burocracia não seja responsável por danos ainda mais graves na estrutura da galeria que está bastante comprometida.

Postado por Matias Moura

CMPC confirma investimento no RS, mesmo após enchentes

A multinacional chilena CMPC confirmou que o investimento no Estado, anunciado durante a assinatura do protocolo de intenções com o governo estadual no final de abril, terá seguimento, mesmo após os eventos climáticos que atingiram o RS. A confirmação dos R$25 bilhões, que terão como destinação a instalação de uma nova planta industrial de produção de celulose em Barra do