qua, 19 de junho de 2024

Variedades Digital | 15 e 16.06.24

Segunda edição do “Costelão do Rincão” é sucesso na fronteira

O Centro de Tradições Gaúchas Rincão da Carolina realizou nesta segunda-feira (30) a segunda edição do “ Costelão do Rincão” para comemorar a passagem dos seus 34 anos de fundação , além dos 195 anos do município.

Ainda era madrugada de segunda -feira, por volta das 5 horas da manhã quando os integrantes da invernada campeira da entidade começaram a preparar o assado de 14 costelões de gado somando ao todo 175 quilos de carne bovina. O churrasco na vala é um costume tradicional do gaúcho antigo, sobre tudo do tempo do tropeirismo quando os tropeiros utilizaram espetos de madeira e abriam uma vala no chão utilizavam apenas lenha.

Este tipo de assado é mais comum na região serrana do nosso estado visto a sua herança cultural e gastronômica.  Segundo os organizadores do evento a ideia foi justamente está resgatar um costume tão antigo do povo gaúcho e trazer para a fronteira mais um atrativo para o turismo. “O evento já é um sucesso, foram assados 175 quilos de carne e mais 35 quilos de linguiça campeira. Nós começamos cedo, por volta da 5 da manhã. A gente abre uma vala de cerca de 7 metros e trabalha com lenha de metro, são quase 7 horas no fogo para ficar pronto e bem assado. É um costume antigo que já pelo segundo ano nós conseguimos preparar para os amigos. Todos estão de parabéns” destaca Wilson Pereira um dos assadores do churrasco.

Já o patrão José Machado, agradeceu a presença de todas as pessoas que compareceram nosso evento e disse estar muito satisfeito com a grande festa que foi realizada.” Nós agradecemos à todos que prestigiaram mais uma vez o nosso evento que busca valorizar a tradição gaúcha.  Para nós é uma grande honra receber os amigos em nossa entidade que completou mais um ano de fundação” encerrou. Segundo os organizadores mais de 300 pessoas participaram do evento em sua segunda edição. Texto e fotos Matias Moura

CMPC confirma investimento no RS, mesmo após enchentes

A multinacional chilena CMPC confirmou que o investimento no Estado, anunciado durante a assinatura do protocolo de intenções com o governo estadual no final de abril, terá seguimento, mesmo após os eventos climáticos que atingiram o RS. A confirmação dos R$25 bilhões, que terão como destinação a instalação de uma nova planta industrial de produção de celulose em Barra do