qui, 18 de julho de 2024

LOGO GRUPO A PLATEIA capa branco
Variedades Digital | 13 e 14.07.24
Aplateia Digital | 13 e 14.07.24

Última Edição

Aos poucos, estoque de gás de cozinha está sendo normalizado

Foto: Marcelo Pinto/AP.

O Rio Grande do Sul tem mais de seis mil revendedoras de gás de cozinha. A maioria já voltou a ser abastecida, mas em pequenas quantidades. Com a greve dos caminhoneiros que durou 11 dias, Santana do Livramento chegou a ficar alguns dias totalmente sem o produto, pois os caminhões estavam trancados na estrada durante os bloqueios. Após cinco dias do término da greve, aos poucos estão sendo contornadas as dificuldades causadas pelo desabastecimento.

“Depois da greve, o estoque continua baixo. Não conseguimos normalizar ainda. Durante a paralisação o pessoal bateu onde tinha, o produto estava escasso, ninguém tinha. Ficamos como dez dias sem gás”, comenta Jorge Setembrino, revendedor de gás.

A estimativa é que em até dez dias normalize o abastecimento no município.

Foto: Marcelo Pinto/AP.
Jorge Setembrino, revendedor de gás. Foto: Marcelo Pinto/AP.
Foto: Marcelo Pinto/AP.

 

Lorenzoni e Camozzato oficiam MP de Contas sobre projetos do governo que reestruturam carreiras

Os deputados Rodrigo Lorenzoni (PL) e Felipe Camozzato (NOVO) protocolaram na tarde desta quarta-feira (17), no Ministério Público de Contas do Estado do Rio Grande do Sul, ofício alertando o Procurador-Geral Ângelo Borghetti sobre possível manobra fiscal imprudente e gestão temerária por parte do governador Eduardo Leite.   A decisão de recorrer ao MPCRS foi tomada após os deputados conhecerem