PUBLICIDADE

Política

Executivo ainda não definiu como será a organização do Carnaval 2018

Segundo o secretário de Cultura, reuniões para tratar sobre o tema serão realizadas na semana que vem com o prefeito Ico Charopen

O secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Sant’Ana do Livramento, confirmou, por telefone, nessa quinta-feitra (11), que ainda não ficou definido como serão realizadas as comemorações no carnaval 2018 do Município.
Em entrevista ao jornal A Plateia, Airton Costa disse que ainda em 2017, nenhuma reunião se definiu o que, de fato terá de atividades entre os dias 10 e 14 de fevereiro. Contudo, o secretário alerta que os recursos de sua Pasta em 2018, serão menores, se comparados a 2017.
No ano passado um grupo de apaixonados pela tradição resolveu unir forças e fazer do feriado um real motivo para comemorar e celebrar na Fronteira da Paz.
Com atividades alternativas, bailes, festividades nas ruas e muita alegria o “quarteto fantástico do carnaval”, desbancou a tristeza e deu lugar para a criatividade e superação. No Carnaval do ano passado houve uma programação diferente com festas e atividades de rua para dois dias de muita diversão.
O que mais chamou a atenação e foi o público que foi ao encontro das escolas de samba no Estádio João Martins do Esporte Clube 14 de Julho, com o valor de entrada de R$10,00.
Segundo o secretário, há a possibilidade de se organizar, em mais um ano o mesmo evento, onde se possa garantir um espaço de lazer. “Eu tenho que conversar com o prefeito para saber o que teremos para disponibilizar. Eu sei que os recursos da minha Secretaria são menores do que o ano passado. Mesmo assim, a Prefeitura montou uma logística no Estádio do 14 de Julhio, montando palco. Este ano vamos ver o que poderemos fazer, pois dependemos muito das escolas de samba, poderemos dar mão de obra e logística, a questão de dinheiro acho que vai ser difícil”, disse ele.
De acordo com o secretário Airton, há outras possibilidades. “Podemos pensar em um carnaval fora de época também, tudo isso são cogitações”, finalizou.

Por: Rodrigo Evaldt - rodrigo@jornalaplateia.com - 12/01/2018 às 0:00

 

Deixe seu comentário