Jornal A Plateia - Livramento/RS. Notícia - Usina de asfalto entrará em funcionamento

Pesquisar

 

Política

Política

Usina de asfalto entrará em funcionamento

Governo Municipal já está licitando material necessário e preparando a máquina para iniciar a produção

Uma importante informação foi confirmada nesta semana pelo secretário Municipal de Obras de Sant’Ana do Livramento. Em entrevista, Ricardo Dutra afirmou que a Prefeitura Municipal já está se organizando para adquirir os insumos e fazendo cotações para colocar a máquina adquirida pelo Município por um pouco mais de R$1 milhão.
De acordo com a fala de Ricardo, a usina provavelmente entrará em funcionamento no final de setembro, tudo dependendo do processo de licitação que está sendo realizado. “Estamos também contatando os Municípios dos arredores, vendo a possibilidade de contratualizar com eles para que possamos fornecer materiais para eles e eles possam fornecer alguns insumos, fazendo o uso compartilhado das nossas usinas”, disse ele referindo-se aos Municípios que já contam com máquinas de produção de asfalto. “A ideia é compartilhar material, tanto asfalto, quanto insumos além de usar a nossa usina na sua capacidade plena”, complementou ele.
Além do processo licitatório de insumos, será necessário também uma revisão geral na máquina pelos técnicos da Secretaria Municipal, o que deve acontecer nas próximas semanas. Questionado sobre a mão de obra que deverá ser utilizada, o secretário destacou que o Município já conta com pessoas capacitadas e que serão esses profissionais que atuarão na usina.
O primeiro contato com os representantes de outros municípios sobre o tema foi abordado pelos integrantes do Consórcio de Desenvolvimento do Pampa (Codepampa) que estiveram reunidos na quinta-feira (10), em Livramento. Atualmente, pelo menos quatro municípios participantes do Consórcio possuem usina: Bagé, São Gabriel, Sant’Ana do Livramento e Uruguaiana. A ideia é que por meio do consórcio os demais municípios integrantes possam usufruir do asfaltamento, levando em conta que o asfalto produzido possui custo menor que o asfalto comprado. Na próxima reunião do Codepampa, dois grupos de trabalho deverão apresentar subsídios. Um deles, composto por técnicos, apresentará um estudo com os custos de cada usina, enquanto um grupo jurídico estudará modelos de convênios para viabilizar a iniciativa.

Por: Rodrigo Evaldt - rodrigo@jornalaplateia.com - 12/08/2017 às 11:53

 

Deixe seu comentário

Pesquisar