PUBLICIDADE

Geral

Fronteira mais irmã reaproxima família após três décadas de separação

Após 34 anos, família finalmente reencontra irmã em surpreendente produção no Parque Internacional

Depois que o Jornal A Plateia contou a história de Dona Laudete Lourdes Stempcoski, 61 anos de idade, em 02 de junho de 2017, passadas duas semanas a equipe de jornalismo registrou o reencontro da família. Vieram irmãos de vários lugares:  Machadinho, Porto Alegre e Curitiba para o reencontro.
Tudo começou com a busca incansável da sobrinha Rosana, do Paraná, que jamais desisitiu do sonho de reencontrar a tia, uma forma de presentear a mãe há décadas separada da irmã.Em maio, após mais uma busca pela internet, Rosana Campos acabou encontrando o nome da tia numa publicação de um edital no jornal A Plateia, de 2015.
Feito o contato com a Redação, os passos seguintes foram conseguir o endereço de Laudete com o Cartório de Registro Civil (informação obtida pela família em razão das regras cartorárias). Com o endereço na mão, foi no dia 01 de junho que a reportagem deu início à nova jornada na vida dessa família.
O primeiro contato foi estabelecido e a organização para o grande encontro iniciou. A gerência da Empresa Ouro e Prata disponibilizou um total de 16 passagens de ônibus de Porto Alegre/Livramento e vice-versa. O restaurante Gardel ofereceu o espaço e o almoço de confraternização da família e a Movilcor fez o acompanhamento do reencontro da família para garantir atendimento médico, caso necessário.
A programação se estendeu por duas semanas sem que Dona Laudete sequer cogitasse a possibilidade de reencontrar tão cedo a sua famíllia, até então, a saudade era diminuida apenas por ligações e mensagens de celular que foram auxiliadas por uma jovem vizinha de Dona Laudade, também chamada Rosana.
Rosana (a sobrinha) e Rosana (a vizinha) foram peças chaves para a realização do reencontro, assim como os apoiadores da matéria. Até Livramento vieram cinco irmãos: Maria, Ires, Ivone, Nair e José e mais três sobrinhas. O irmão Estevam Stempcoski precisou ficar em Machadinho, em razão do trabalho, mas, logo que possível, virá à Fronteira visitar a irmã antes perdida.

O Reencontro

Os familiares chegaram na sexta-feira de manhã em Livramento e aguardaram até as 10h30 para reencontrar a irmã. Tudo aconteceu no Parque Internacional. Dona Laudete achou que gravaria um vídeo especial para a TV A Plateia fazendo o convite para os seus irmãos visitarem a terra.
Enquanto ela gravava um depoimento bem ao lado das bandeiras, os irmãos se aproximaram pela fonte luminosa. A surpresa foi o convite feito pelo repórter Cleizer Maciel chamando-a para abraçar, de fato, a sua família. Ao se virar, Dona Laudete se emocionou ao ver os irmãos de quem esteve separada há 34 anos.
O reencontro foi banhado de lágrimas de emoção e alegria. Os seis irmãos fizeram uma roda e num abraço coletivo sentiram novamente o carinho da irmã. Cada irmão trouxe um presente e após a festa no Parque Internacional foram todos juntos para o almoço de confraternização, no Restaurante Gardel.
A tarde o encontro foi na casa de Dona Laudete na Tabatinga na companhia de todos os irmãos e a festa seguirá pelo fim de semana. Em breve o leitor poderá conferir na internet um vídeo completo do reencontro com imagens inéditas e exclusivas.

Por: Elis Regina redacao@jornalaplateia.com - 19/06/2017 às 11:58

 

Deixe seu comentário