seg, 8 de março de 2021

Jornal 27.02 e 28.02.2021

Última Edição

Santa Casa lamenta demissões mas afirma ser uma ação “consciente”

Funcionários de todos os setores foram afetados
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Foto: Marcelo Pinto/AP

Nesta terça-feira (23) a direção da Santa Casa de Misericórdia realizou novas demissões de funcionários. Os funcionários faziam parte de diversos setores, com os desligamentos realizados hoje o número de pessoas demitidas chega a 59.

O Presidente do Sindicato, Silvio Madruga, sinaliza que com o número de funcionários que foram desligados, se configuraria uma demissão em massa. Silvio esclarece que nos próximos dois dias estão programadas reuniões com a direção e gestão da Santa Casa e também uma nova assembleia com os funcionários para definição de uma possível nova greve.

Santa Casa lamenta demissões mas afirma ser uma ação “consciente” e se manifestou por meio de nota à comunidade na tarde desta terça-feira (23) :

 

“A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SANTANA DO LIVRAMENTO, vem a público esclarecer que apesar das dificuldades históricas que enfrenta e do momento socioeconômico que é de conhecimento de todos e agravado em razão da pandemia, que é de ordem mundial, escapando a qualquer intervenção desta instituição de saúde, tornam-se necessárias e, infelizmente prioritárias, medidas de contenção de custos, mas sem deixar de que se mantenha a qualidade na prestação dos serviços. Muito embora a empresa saiba da importância e do esforço de cada um dos funcionários neste momento crítico, não podemos manter um elevado quadro com uma remuneração justa.

Dito isso, a diminuição do quadro de funcionários é medida lamentada pela equipe diretiva, mas consciente de que não há possibilidade de contemplar, desde suas necessidades básicas até as mais urgentes, sem os ajustes necessários, visto que não podemos manter a folha em dia, impondo ser adotada a reorganização planejada da estrutura não somente de recursos humanos, mas, igualmente, reestruturação para aquisição de insumos e materiais indispensáveis à manutenção da rotina hospitalar, sempre visando garantir que todos os envolvidos na atividade sejam contemplados.

É com grande pesar que esta nota é emitida e esperamos a compreensão da situação vivenciada pela instituição e, lembrando que a Santa Casa é de todos e para todos, confiando que juntos poderemos reverter esse quadro o mais breve possível.

A Direção”

Faça por merecer!

Gilberto Jasper Jornalista/gilbertojasper@gmail.com Admiro Mário Sergio Cortella. Ele se apresenta como filósofo, mas o considero o melhor cronista do cotidiano. O conteúdo das palestras são

Farmácia na BR é alvo de arrombamento

A Brigada Militar foi acionada na noite deste sábado (6), até uma farmácia, localizada na avenida João Goulart, próximo a esquina com a rua Silva

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies