ter, 9 de março de 2021

Jornal Online - 06 e 07.03.2021

Última Edição

Iniciativa prevê a criação do Programa Santanense da Ovinocultura

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A ideia prevê um cronograma de atividades voltadas para o desenvolvimento das atividades no munícipio

Que o agronegócio foi o grande motor do desenvolvimento do país em 2020, todo mundo já sabe. Em 2021, o maior desafio é continuar crescendo diante desse quadro. Neste sentido a Associação Rural de Sant’Ana do Livramento vem desenvolvendo várias atividades para o fortalecimento do setor do agronegócio no município, entre elas a proposta apresentada pela Associação Santanense de Ovinocultores para a criação do Programa Santanense de Ovinocultura projeto que prevê a participação de várias entidades para o fomento dessa cadeia produtiva.
Segundo o zootecnista Jair Menezes, vice-presidente da Rural e responsável pela iniciativa, o programa que ainda está em fase embrionária pretende trazer uma visão ampla do setor onde todas as partes envolvidas, tanto produtores lá no campo como os empresários, representantes de cooperativas, frigoríficos e universidades possam dialogar entre si e ajudar o setor na retomada do crescimento e no seu fortalecimento

Atualmente, Sant’Ana do Livramento mantém o título de Capital Nacional da Ovinocultura. No entanto, é bem verdade que nas últimas décadas vários produtores abandonaram a atividade por conta do desestímulo e perdas financeiras. Menezes acredita que temos bons exemplos em outros países como a Nova Zelândia que podem ser implantados aqui dentro das propriedades aumentando os ganhos e diminuindo os custos como, por exemplo, melhorar a taxa de parição do rebanho; combater de forma mais efetiva os predadores; aproveitar os subprodutos da ovelha; incentivar novos criadores; aumentar o elo de conversação entre todos os criadores – ainda por meio de entidades como EMATER , SENAR , SEBRAE , FARSUL e universidades como a UERGS e UNIPAMPA para capacitar a mão de obra e o conhecimento como mola propulsora para o objetivo final que é tornar a ovinocultura competitiva de igual para igual na questão da rentabilidade com outras culturas como a soja e bovinocultura.
Um dos fatores muito importante para que o programa possa se desenvolver e vir a sair do papel, de formar e de dar encaminhamento para essa questão é a doação da antiga área do Quarentenário para a Associação de Ovinocultores, que pretende com apoio de diversas entidades parceiras criar um Polo Tecnológico de pesquisa e desenvolvimento para o setor que fornecerá além de conhecimento pratica e teórico; também como incubadora de outros projetos como um Tambo Ovino; cursos especializados, etc…

“Nós lamentamos muito a perda do nosso amigo, o superintende regional do INCRA, Tarso Teixeira, que faleceu no mês passado. Pois, com ele nós havíamos conquistados muitas coisas importantes para o nosso município e essa articulação da doação do quarentenário foi uma delas. Nós queremos envolver neste programa todos os produtores, desde aquele que possui um pequeno rebanho até aqueles criadores mais tradicionais. A ideia é fortalecer a nossa cadeia produtiva e demostrar que com as ações certas nós podemos ter uma ovinocultura moderna, rentável e competitiva”, conclui Jair Menezes.

19ª CRE promove semana de intenção

A 19ª CRE com sede em Sant’Ana do Livramento, realizará a 1ª Semana de Interação: Novos Tempos, Novas Aprendizagens. Acontecerá de 08 a 12 de

A importância da ergonomia no trabalho remoto

Com o início da vacinação contra a COVID-19 no Brasil, muito se fala na retomada das atividades presenciais. Pesquisa da VR Benefícios divulgada já em

Mulheres, mulheres…

Texto por: José Ramos Mulheres, mulheres… Têm pelo menos seis sentidos, que quase sempre nos confundem Mas, sempre nos salvam de cada situação Espertas, mas

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies