Eduardo Garagorri fora do UFC Las Vegas 11

O lutador fronteiriço desfalca o card da competição após um de seus treinadores ter testado positivo para Covid-19
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma notícia triste para os entusiastas da modalidade foi confirmada pelo próprio atleta na noite desta terça-feira (15), o uruguaio Eduardo Garagorri não deve lutar no UFC Las Vegas no sábado (19). A mudança de última hora foi em virtude de um dos treinadores de Garagorri ter testado positivo para o novo Coronavírus na última quinta-feira (10). “O UFC optou por adiar a luta porque meu treinador de wrestling, que seria um dos meus corners no evento, testou positivo para o Covid 19”, comentou.

A informação do cancelamento pegou até mesmo o uruguaio de surpresa. “Nós fomos testados aqui em Curitiba mesmo, na quinta-feira passada. Eu, até segunda, achava que a luta iria acontecer e que esse corner apenas não poderia ir. Eu estava no aeroporto segunda, até já tinha despachado as malas quando recebi uma ligação do meu empresário falando que o UFC optou por cancelar a luta, pq eu tive contato com o treinador”, lamenta. Segundo o atleta, que também foi submetido ao exame e testou negativo, seu treinador está bem e não apresenta nenhum sintoma da doença.

Quanto aos preparativos para a luta, Garagorri comenta que a mudança impactou no seu processo, mas ainda se mostra bastante motivado para as próximas etapas. “Eu estou há três meses treinando em Curitiba na equipe Evolução Thai para a luta. Aqui é a maior equipe do Brasil, então estava me sentindo muito bem preparado, o cancelamento da luta em cima da hora atrapalhou bastante porque eu perco 11 kg para bater o peso limite da categoria e eu vinha fazendo uma dieta e já me encontrava perto do peso. Essa é a parte mais difícil. Mas agora é manter o foco porque provavelmente mês que vem a luta vai ser realizada”, pontua.

O bósnio Misrad Bektić, que seria o oponente de Garagorri, ainda aguarda a direção do evento encontrar um novo adversário até sábado, mas o fronteiriço acredita que o embate deve ser transferido. “Eles (os responsáveis pelo UFC) vão tentar achar outro oponente para meu adversário, mas como está muito em cima, é bem provável que não consigam. Aí a nossa luta será mantida, apenas realizada daqui algumas semanas”, pondera. Ainda sobre o tema, Garagorri projeta uma nova luta para o mês que vem, visto que testou negativo para a doença e será submetido a um novo teste, caso continue com o resultado negativo, sua expectativa é de que já esteja apto para competir em outubro na ilha da luta em Abu Dhabi. O uruguaio mantém um desempenho bastante impressionante na categoria, com 13 vitórias e apenas uma derrota.

 

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies