Área plantada de soja no Brasil deve crescer 3,5% na safra 2020/21

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Segundo a consultoria Céleres, o potencial de produção do país para a safra está estimado em 130,8 milhões de toneladas

A área plantada com soja no Brasil deve crescer 3,5%, ou 1,3 milhão de hectares, para 38,2 milhões de hectares na safra 2020/21, projetou a consultoria Céleres, em seu primeiro levantamento para a nova temporada.

O potencial de produção do Brasil em 2020/21 foi estimado em 130,8 milhões de toneladas. O aumento se deve a uma combinação de fatores, segundo a analista Daniely Santos, da Céleres.

“A gente vai finalizar a safra 2019/20 com um estoque muito baixo, inferior a 1 milhão de toneladas, e temos expectativa de demanda aquecida tanto para exportações quanto para esmagamento para consumo interno, puxada pela produção de proteína animal e pela mistura do biodiesel no diesel“, disse a analista.

Além disso, ela destacou que os preços para negociação antecipada foram muito atrativos e que produtores aproveitaram para comercializar o quanto conseguiram da safra que será plantada a partir de setembro. “Mais de 40% da safra 2020/21 está comercializada, um número que se atingir mais para o fim do ano. Isso tem garantido ao produtor uma margem operacional muito alta, o que é incentivo para aumentar a área de soja.”

Conforme o levantamento, apesar da quebra de produtividade no Rio Grande do Sul, os bons resultados da produção de soja no Centro-Norte do Brasil impulsionaram a produção em 2019/20 para 124,8 milhões de toneladas, consolidando o Brasil como o maior produtor global de soja.

A Céleres prevê exportações em 2020 de 77,5 milhões de toneladas. Para a analista, com esse patamar de venda externa, “a nossa oferta já fica bem apertada”.

Fonte : Portal DBO

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies