O alívio da bandeira laranja

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Esperada, a confirmação de que Sant’Ana do Livramento continua na bandeira laranja, feita na tarde desta segunda-feira (20), trouxe um alívio para quem mora na Fronteira da Paz e depende do movimento econômico gerado principalmente pelo comércio local.

Desde o início da pandemia, em março, a economia santanense vem sofrendo inúmeras derrotas, entre elas o aumento no número de demissões e a diminuição dos postos de trabalho, o que acaba atingindo a todas as classes sociais.

Durante a live, na qual confirmou a informação, o Governador Eduardo Leite (PSDB) destacou o trabalho realizado na semana passada para a vinda de sedativos do Uruguai que chegaram neste fim de semana.  A coluna Bastidores adiantou: trata-se de uma carga de 500 mil unidades de medicamentos anestésicos comprados pelo Ministério da Saúde junto ao governo do Uruguai para abastecer os hospitais gaúchos. São remédios utilizados para sedação, analgesia e bloqueio neuromuscular em cirurgias e também na intubação de pacientes com casos graves da Covid-19 nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). A negociação surgiu através de sugestão do presidente da Comissão do Mercosul da Assembleia Legislativa, deputado Frederico Antunes e da secretaria de Relações Federativas e Internacionais, Ana Amélia Lemos.

Logo após a confirmação da bandeira laranja, a Prefeitura de Livramento emitiu um comunicado, no qual pedia que a comunidade continue colaborando, adotando as medidas de prevenção, como uso de máscara, utilização de álcool gel, lavar as mãos e manter o distanciamento social.

 

Bermudas: Hot or Not?

Os dias mais quentes estão chegando e nós já estamos de olho nas peças que serão tendência na próxima estação. Para suportar o calor, roupas

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies