Equipes da Secretaria da Agricultura percorrem 200 km no primeiro dia de operação do Programa Sentinela

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
O primeiro dia do Programa Sentinela da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), que faz o monitoramento das fronteiras do Rio Grande do Sul com Uruguai e Argentina para combater o abigeato e diminuir o risco sanitário, foi de muito trabalho. Cerca de 200 quilômetros foram percorridos pela equipe de fiscalização da Secretaria, a maioria deles em estrada de chão batido.

“O Sentinela foi bem construído tecnicamente e é o nosso grande reforço na defesa do status sanitário e combate ao abigeato. É por isso, por essa construção técnica, que já estamos colhendo resultados positivos”, afirma o secretário Covatti Filho.

No primeiro dia de fiscalização, 5 bovinos foram apreendidos por estarem soltos na beira da estrada.
No primeiro dia de fiscalização, bovinos foram apreendidos por estarem soltos na beira da estrada. – Foto: Francisco Lopes/Seapdr

Durante o percurso, foram encontrados cinco bovinos soltos na estrada. Eles foram identificados e apreendidos e como os proprietários não foram encontrados, os animais ficaram sob a guarda do Estado pelo prazo legal de 3 dias úteis. Caso o proprietário não seja encontrado, os animais serão encaminhados para abate sanitário, visando a segurança sanitária do rebanho do Estado.

O programa tem área de abrangência de 1.200 quilômetros de faixa de fronteira, envolvendo 64.842 propriedades rurais e rebanho de 4,4 milhões de cabeças.
O programa tem área de abrangência de 1.200 quilômetros de faixa de fronteira, envolvendo 64.842 propriedades rurais – Foto: Francisco Lopes/Seapdr

“Com certeza foi muito produtivo. Em todas as propriedades que passamos, explicamos a atividade e um bom sinal é que todos com quem conversamos já sabiam do Programa Sentinela, da questão do gado de corredor. Ou seja, a informação já correu a fronteira”, afirma o coordenador do Programa, Francisco Lopes. Quanto a localização das equipes, por enquanto é uma informação sigilosa, que tem por objetivo garantir maior eficácia da operação.

O Programa Sentinela começou a ser executado nesta quarta-feira (08) e tem por objetivo fiscalizar 1.200 quilômetros de faixa de fronteira, envolvendo 59 municípios com 64.842 propriedades rurais e rebanho de 4,4 milhões de cabeças. A metodologia de trabalho prevê a distribuição das equipes e o gerenciamento das atividades em quatro blocos: Jaguarão, Santana do Livramento, São Borja e Santa Rosa.

Postado por Matias Moura

Meu herói tá na moda!

Modazine: Tá barato, tá na moda! O Dia dos Pais está chegando! Este ano a data cai no 8 de agosto. Já sabe o que