Professor santanense grava aulas para preparatório do Enem transmitido na TVE

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Junto com mais duas colegas, trio representou a 19ª Coordenadoria Regional de Educação

Começou nesta semana, as Aulas Preparatórias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Pré-EnemSeduc RS). Projeto do governo do Estado, promovido pela Secretaria da Educação (Seduc), em parceria com a Secretaria de Comunicação (Secom), irá ao ar pela TVE, de segunda a sexta-feira, das 19h às 23h. Serão 20 horas/aula semanais e 464 horas de preparação para todos os componentes curriculares.

 

Professores de todas as Coordenadorias Regionais de Educação estarão presentes para instruírem os alunos de todo o Rio Grande do Sul. Representando a 19ª CRE foram deslocados os professores Janine Dorneles Pereira de São Gabriel, professora de sociologia e filosofia; Kátia Luciane Souza Rocha de São Gabriel, professora de matemática e o santanense Leonardo Lasalve Inchauspe Machado, formado em letras. Ele conta que foi selecionado depois de um processo entre mais de 100 professores e falou um pouco sobre sua experiência: “Tenho formação em ensino de línguas estrangeiras, sou professor da rede estadual e atuo na rede estadual já faz um certo tempo. Fui selecionado dentre centenas de professores da rede estadual, nós participamos de um processo de seleção que foi um pouco rápido e tiveram alguns critérios na questão de informação, experiência, comportamento frente às câmeras, tivemos que enviar um vídeo seguindo uma série de requisitos. É uma experiência muito diferente, é uma experiência que estamos vivendo dia a dia desde 11 de maio”, conta.

Leonardo também ressaltou a quantidade de alunos que ele atenderá nessas aulas transmitidas em canal aberto e online: “Eu, como professor, particularmente não estou acostumado a dar aulas com câmeras, ponto, fone e microfone. Então, estava habituado a atender de 30 a 35 alunos por turma e agora vou atender no mínimo 37 mil alunos por vez, podendo chegar a mais de 100 mil acessos no YouTube durante o período em que esse que estará disponível. Então, é uma experiência muito diferente, muito desafiadora, devemos seguir uma ementa de conteúdos a serem trabalhados. Existem competências e habilidades fundamentais para serem desenvolvidas nos alunos que o Enem exige.

Machado ressalta que sua expectativa é muito boa para o ensino dos alunos: “Há muitas expectativas, é um projeto que tá (sic) dando certo, acredito que vá favorecer esses alunos que estão em casa e que não estão tendo condições de se preparar efetivamente com conteúdos e explicações.Pela questão da pandemia e a suspensão das aulas, através desse projeto a preparação vai tornar-se, realmente, mais efetiva para quem fizer o Enem.

Reflexão

“Essa experiência está nos trazendo uma reflexão do papel do professor e da importância do professor em sala de aula porque a gente sabe que tecnologia nenhuma vai substituir o professor, o contato com o aluno, falando diretamente com ele, desfazendo as dificuldades, apoiando e explicando presencialmente. Essa nova modalidade tecnológica são ferramentas criadas para superar este momento, então, o apoio que a Secretaria de Educação está nos dando e a confiança que eles estão depositando no nosso trabalho é algo incrível.Devemos elogiar a preparação que nós tivemos, em apenas seis dias, tivemos aulas com fonoaudióloga, nós tivemos uma preparação maravilhosa na TVE, com vários detalhes que são importantes na hora de fazer uma gravação e estamos construindo tudo isso com muita garra, com muita determinação.Espero que os alunos aproveitem, pois, o nosso objetivo é fazer com que os alunos aprendam e se sintam seguros e confiantes dos seus potenciais para realizarem o Enem”, finaliza o professor santanense.

As aulas seguem até 31 de outubro, na semana que antecederia o início das provas, já que foram adiadas.  A carga horária dos componentes curriculares foi definida de acordo com a quantidade das disciplinas nas questões do Enem. O tempo de aulas será dividido em parte introdutória de cada eixo, explanação sobre o assunto, problematização em relação aos acontecimentos atuais e disponibilização de lista de exercícios, ocorrendo, por fim, interação em tempo real de questões de alunos via chat.

Os alunos terão ainda acesso às aulas pelo YouTube, por meio do canal TV Seduc RS, além dos links que ficarão disponíveis no Portal da Educação e no site da Secretaria da Educação, através do site http://www.tve.com.br/tve-ao-vivo/

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies