Escola Bento Gonçalves e Secretaria de Saúde realizam atividades para moradores da Vila Masoller

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Uma das vilas mais afastadas da zona rural de Livramento, a Vila Masoller recebeu nessa semana uma ação conjunta da instituição de ensino da comunidade, a Escola Bento Gonçalves solicitou para a secretaria de saúde uma visita para atender essa comunidade distante da região central.

Lá, a única conexão disponível é uma rede uruguaia e internet é artigo de luxo. As professoras Thais Salmentão e Janine Ilha comentou sobre como foi o dia de atividades e também como é ser professora na vila: “Sou uma das professora da escola unidocente da escola Bento Gonçalves. Nos moramos na escola em período de aula. Passamos 15 dias lá e voltamos apenas para um final de semana.
A vila onde a escola se localiza é divisa com masoller, fica pela estrada uruguaia uns 90km do centro da cidade. E pelo Brasil a estrada é intransitável. Com toda essa situação, não conseguíamos manter contato com os alunos, porque lá não tem acesso a internet, só pega rede uruguaia. Então começamos uma luta pra ir até a escola, e é por isto que estamos te escrevendo. Após um mês em busca de trasporte, conseguimos com a secretaria Municipal de saúde. Hoje fomos até a escola levar material de limpeza, cestas básicas, luvas, máscaras e principalmente atividades para que os alunos não sejam privados de aprender.
A secretaria de saúde disponibilizou o trasporte e fez vacinação na comunidade, já que na Vila não tem posto de saúde. Ao chegarmos lá, não tinha nem água e nem luz, o que é habitual.
Gostaríamos que as pessoas soubessem um pouco mais daquela terra quase que “sem lei, esquecida”, comenta.

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies