Eduardo Leite vai anunciar na quarta-feira definição sobre volta às aulas no RS

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em transmissão ao vivo nesta segunda (25), governador afirmou que decisão ocorrerá junto com divulgação da última etapa de pesquisa da UFPel

A definição sobre a volta às aulas nas redes pública e privada do Rio Grande do Sul deverá ser anunciada na próxima quarta-feira (27). O governador Eduardo Leite, em transmissão ao vivo pela internet nesta segunda (25), informou que o anúncio será feito em conjunto com a apresentação dos mais recentes dados encontrados na pesquisa da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) sobre a prevalência do coronavírus na população gaúcha.

Quando anunciarmos os resultado da pesquisa feita pela UFPel, vamos tratar também da retomadas das aulas. Vamos falar sobre as etapas previstas para o retorno às atividades escolares, um retorno por fases, com prioridade ao ensino remoto como uma excepcionalidade, pois não acredito que ele substitua o ensino presencial. Queremos um retorno seguro às atividades de ensino — declarou o governador.

A reabertura das escolas estará condicionada à execução dos protocolos estipulados pelo governo, à bandeira de classificação definida em cada cidade, bem como a autorização dos municípios. A definição dos protocolos, assim como a decisão sobre o retorno às aulas, é do governo do Estado e das prefeituras.

O Palácio Piratini já havia determinado que as aulas presenciais na rede pública estadual fossem interrompidas, no mínimo, até junho. Para permitir que isso ocorresse, o recesso de inverno, normalmente em julho, foi antecipado para maio. A expectativa é de que o ano letivo termine em janeiro de 2021.

Enquanto isso, o governo do Estado começou a transmitir pela TVE aulas preparatórias para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) destinadas especialmente aos alunos do 3º ano. A cada noite, das 19h às 23h, serão exibidas quatro aulas, entre as 13 disciplinas que serão trabalhadas. O programa, chamado de Pré-Enem Seduc RS, tem o objetivo de reduzir os danos causados aos estudantes da rede pública que prestam Enem em 2020 e estão com as aulas suspensas.

Fonte GauchaZH

Educação na pandemia

Por: Mariela Perez Elguy – Docente do Senac Santana do Livramento A educação vem sofrendo mudanças significativas nos últimos tempos, levando cada vez mais o

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies