Defesa Civil atua para reduzir efeitos da estiagem e da Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

A Defesa Civil Estadual informa que segue atuando nas ações para minimizar os efeitos da estiagem no Rio Grande do Sul. Nesta quinta-feira (26/3), mais sete municípios tiveram o decreto de situação de emergência reconhecidos pela União, totalizando 88. O Estado já homologou 106 processos encaminhados por cidades gaúchas afetadas pela estiagem.

O Centro de Operações de Defesa Civil (Codec) segue com atendimento ao público, 24 horas, de segunda a domingo, pelo telefone 199. Os representantes dos municípios também podem entrar em contato com as nove Coordenadorias Regionais de Defesa Civil instaladas em pontos estratégicos do Estado.

Dentro do “Gabinete de Crise para o Enfrentamento da Epidemia Covid-19”, a Defesa Civil do Estado compõe o Comitê de Logística e Abastecimento, responsável pelo recebimento e organização das demandas e das ofertas de bens e serviços necessários à contenção e resposta da emergência.

Uma estrutura integrada, formada por membros da Defesa Civil e de diversas secretarias de Estado, além de integrantes das Forças Armadas e de órgãos de segurança pública, encontra-se instalada junto à Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, com o objetivo de prestar suporte logístico e de abastecimento à Secretaria da Saúde, atuando como ponto de ligação entre os múltiplos órgãos e as comunidades afetadas.

A Defesa Civil reforça a necessidade de observação das orientações emitidas pelo governo do Estado no sentido de, em primeiro lugar, preservar vidas.

Crianças podem tomar café?

O café é uma das bebidas mais consumidas no Brasil e tem adoradores por todo o mundo. Sempre quentinho, com um sabor sem igual e