Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Ford Bronco Sport vem para o Brasil, seu alvo é Compass

A Ford tem uma leva e tanto de utilitários para o Brasil, todos com lançamento até 2022. Além do novo EcoSport e um inédito SUV médio pequeno, fabricados em Camaçari (Bahia).
Vazamentos na internet mostram como será o visual do carro e foram publicados no fórum virtual BroncoSportForum. O design é basicamente o mesmo que havia aparecido de relance em uma apresentação da Ford para concessionários, realizada em Las Vegas.
Chamado anteriormente de Maverick e Bronco Adventurer, o novo modelo vai se chamar Bronco Sport mesmo. Embora seja feito sobre a mesma plataforma do modelo Escape, o SUV será voltado ao off-road.
O novo Ford pode não ter a construção de cabine sobre chassi do Bronco tradicional, mas o objetivo é fazer algo valente, mas nem tão brucutu. A tração 4X4 terá bloqueio de diferencial para repassar a maior parte da força para a roda com aderência. E a marcha reduzida também vai ajudar a tirar o carro da lama.
Embora seja chamado de compacto nos Estados Unidos, o SUV será um médio para o padrão brasileiro. Ou seja, não é um concorrente do Jeep Renegade, mas do Compass, especialmente nas suas versões diesel 4X4 mais completas. Nos Estados Unidos, o alvo é o Cherokee.
Já o Bronco convencional é rival do Wrangler e do Land Rover Defender. A opção de uma versão menor também é o caminho que a Land Rover pode seguir. Uma versão menor está em projeto, segundo a revista britânica Autocar. O nome do projeto é quase uma ironia: Defender Sport. E a Ford não pode dizer que foi copiada, uma vez que a estratégia é exatamente do Discovery e o Discovery Sport.
O motor base será o mesmo 1.5 turbo usado no Territory e Escape híbrido plug-in. A mesma motorização também estará no novo EcoSport e no SUV médio da marca. Com 183 cv e 24,5 kgfm, o propulsor é valente o suficiente para levar o conjunto e será a escolha certa para manter o preço mais baixo. Porém, o que queremos mesmo é o 2.0 EcoBoost de 253 cv.
O preço ficará próximo dos R$ 200 mil. Conforme publicamos, o preço do Escape e do Bronco será parelho. O que muda mesmo é a proposta. Um é dedicado ao mundo de fora de estrada e não tem medo de um banho de lama, enquanto o segundo é tecnológico e devotado ao asfalto. Ambos chegam em 2021, apenas o Territory será lançado neste ano e este modelo você verá na edição da semana que vem da minha coluna.
Pode ou não pode?
Infrações como não usar o cinto de segurança ou dirigir acima da velocidade permitida são cotidianas entre os motoristas — todo mundo sabe que não pode.
Contudo, há outras infrações menos óbvias, que podem gerar dúvida mesmo em quem dirige há anos. É permitido dirigir sem camisa? E descalço? Ouvir música no fone de ouvido pode render uma multa?



DIRIGIR DE SALTO OU DESCALÇO (A)

Depende. A lei proíbe dirigir usando calçado que não se firme nos pés ou que comprometa a utilização dos pedais. Assim, estaria tudo bem dirigir descalço, mas, de salto pode haver problemas, já que um salto pode comprometer a sensibilidade do pedal e tornar mais complexo seu manuseio. Trata-se de um entendimento muito subjetivo. Para não ter erro, é melhor procurar calçados que não tenham chances de sair do pé ou com sola mais plana e leve.
Legislação: Código de Trânsito Brasileiro (CTB) – Art. 252
Infração: média
Penalidade: multa

DIRIGIR SEM CAMISA
Pode. A legislação não proíbe o motorista de dirigir sem camiseta. Mas, há um porém é muito comum que, sem a camiseta, o uso do cinto de segurança ocasione incômodo, podendo fazer com que o motorista o retire. Neste caso, a infração é por não usar o cinto, não por estar sem camiseta.
DIRIGIR GRÁVIDA
Pode. Até 1997, era proibido para futuras mães dirigirem depois do quinto mês de gestação. Hoje, a legislação não prevê nenhuma restrição. Mas a gestante precisa sempre estar com o cinto afivelado, o que, na prática, impossibilita a direção em estágios mais avançados da gravidez.
FUMAR ENQUANTO DIRIGE
Não pode. Não há restrição a fumar no carro, mas há restrição a dirigir com só uma das mãos. Segundo a lei, só se pode conduzir com apenas uma mão para fazer sinais regulamentares de braço, mudar a marcha do veículo, ou acionar equipamentos e acessórios do veículo. Ou seja, seria preciso fumar sem usar as mãos para o cigarro — o que soa um pouco impossível.
Legislação: CTB – Art. 252
Infração: média
Penalidade: multa
OUVIR MÚSICA NO FONE DE OUVIDO
Não pode. O CTB tem um item específico proibindo expressamente dirigir com fones de ouvido, uma vez que isso pode fazer com que o motorista não ouça buzinas ou outros sons de alerta durante a condução. E não só isso, a regra vale independentemente de o fone estar conectado a somente uma das orelhas. Então, nada de fone: som deve ser no alto-falante.
E mesmo para alto-falantes há regras: desde uma resolução de 2016, o som deve estar em uma altura que não seja audível do lado de fora do carro.
Legislação: CTB – Art. 252; 624/2016 – Contran
Infração: média
Penalidade: multa

Noite movimentada na Fronteira da Paz

Por volta das 23h30, uma guarnição do 10° Batalhão de Bombeiros Militar (10° BBM) foi acionada para comparecer à rua Vitalino Moreira Davila, onde um