“Carne, gente e pampa” ressalta a qualidade da carne gaúcha

O evento acontece neste sábado em Uruguaiana. Tem como um dos seus idealizadores o médico veterinário santanense e especialista em mercado de carne Roberto Grecellé.

Neste sábado, dia 7 de março, a cidade de Uruguaiana (RS) será palco da primeira edição do “Carne, Pampa e Gente”. O evento, organizado pela Prefeitura Municipal em conjunto com a Universidade Federal do Pampa (Unipampa), por meio do Centro de Tecnologia e Pecuária, e pelo Sindicato Rural, contará também com a participação da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), além de associações rurais e de comércio da região.

Segundo o presidente da ABHB, Luciano Dornelles, o evento tomou grande proporção e vem recebendo uma enorme adesão de entidades e da comunidade local entusiasmados com a proposta da organização. “A ABHB não poderia deixar de participar com sua ‘Carne Certificada Hereford’ porque um dos grandes ícones na região é o gado Hereford e Braford. Por isso, a associação se faz, obrigatoriamente, presente para mostrar seu produto final. Nós trabalhamos na criação, melhoramento genético e fomento das raças pensando na carne e este é o momento de mostrar o resultado”, observa.
A entidade vai participar da estreia com uma estação da carne, que será comercializada ao público, e também um estande institucional com a apresentação da ABHB. Será servido ainda entrecot com complementos como chimichurri e farofa, preparados por um trio de assadores: Mauber Moreira, Hector Suñe e Raoni Lopes. “Estaremos fortemente presentes. É um evento importante para a região e para a atividade primária”, destaca Dornelles.
O “Carne, Pampa e Gente” vai contar com estações que estarão realizando a venda de alimentos e bebidas. O evento também terá espaço para apresentações culturais, como Pirisca Grecco, Banda Dona Doida e Lucas Moah.

Além disso, ocorrerá o debate “Verdades Sobre a Carne e Saúde Humana” com médico Cláudio Brasil, especialista em prevenção e reversão de doenças crônicas, com moderação de Roberto Grecellé.
Segundo Grecellé, que é especialista no mercado de carne, a ideia do evento é, além de valorizar o mercado da carne gaúcha, fazer uma ação para aproximar o meio rural da sociedade urbana valorizando a pecuária dos campos sulbrasileiros. “O maior objetivo deste evento é servir de elo de conexão entre o meio rural e a cidade. Logicamente que o mote central é a carne bovina pela sua relevância e importância social, cultural e econômica da produção de carne. Quando fui contratado para ser consultor do evento nós pensamos em realizar algo diferente do que sempre é realizado em encontros de churrasco. O evento Carne, Pampa e Gente como o próprio nome diz vai além do evento gastronômico. Ele passa pelas questões socioculturais do sul do Rio Grande do Sul e dos hábitos dos gaúchos. Mas o grande diferencial deste evento é a questão da informação técnica que nós estamos trazendo sobre os benefícios do consumo da carne bovina para a saúde humana. O objetivo é trazer conhecimento de qualidade para o público porque, hoje em dia, nós vemos a carne sendo atacada e mal falada, por quem desconhece o tema. Então, para falar sobre saúde humana, nada melhor do que médicos e a gente traz, neste evento, médicos para essa discussão, que sexta-feira (6) falaram sobre os benefícios do consumo da carne na noite da pecuária” disse.

Grupo Aplateia