Rural – Fórum Mercadológico debate futuro da cadeia do arroz na Abertura da Colheita

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Fórum Mercadológico debate futuro da cadeia do arroz na Abertura da Colheita

Na próxima quinta-feira, 13 de fevereiro, das 14 às 18h, a 30ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz abre espaço para o Fórum Mercadológico. No auditório da Estação Terras Baixas, da Embrapa Clima Temperado em Capão do Leão (RS), quatro painéis vão abordar temáticas para informar e atualizar os produtores das tendências de mercado global, políticas, tecnologia e gestão.

No primeiro painel, o professor de Inovação em Agronegócios da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) Antônio Filipe Muller abre os trabalhos com um panorama dos caminhos para a cadeia do arroz por meio de inovação e empreendedorismo. Os debates seguem com o tema gestão de pessoas, com a participação da psicóloga e especialista em psicologia organizacional e do trabalho pelo Conselho Federal de Psicologia Kátia Saraiva. Logo após, o presidente da John Deere Brasil, Paulo Renato Herrmann, traz o potencial e desafios para o Brasil na lavoura.

Às 17h, ocorre o painel “O Brasil e o Mercado Internacional do Agronegócio”, em que estarão presentes o deputado federal e presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Alceu Moreira, e o diretor de relações internacionais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e presidente da Farsul, Gedeão Pereira. O debate terá como moderador o presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), Alexandre Velho.

De acordo com Pereira, o painel irá além da cadeia do arroz, trazendo para a pauta discussões sobre perspectivas de negócios para outras culturas brasileiras, como soja, milho e diferentes variedades de carnes. Recentemente na Índia, o executivo se mostra otimista com a abertura de novos mercados: “Precisamos aproveitar esta entrada do arroz no México e consolidar as exportações do produto também para mais países. No entanto, cada local tem as suas necessidades e particularidades, não se vende o mesmo para todos. Estamos trabalhando tanto com demandas de curto prazo quanto com perspectivas de longo prazo, caso da Índia”, ressalta. Pereira ainda reforça que a economia atual se baseia em interdependência de mercados, e que a China continuará sendo destino das exportações. “O futuro está no oriente”, destaca.

A Abertura Oficial da Colheita será realizada de 12 a 14 de fevereiro com o tema “Intensificação para Sustentabilidade”. O evento conta com Patrocínio Premium do Irga e Ministério da Agricultura, correalização da Embrapa e realização da Federarroz. Informações sobre a programação podem ser obtidas em www.colheitadoarroz.com.br.

Homem é esfaqueado no Registro

Nas primeiras horas da noite deste sábado (11) a Brigada Militar (BM) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados para comparecer