Após 30 dias de afastamento de ico, funcionária do Nasf divulga carta a favor do afastamento

Foi divulgado na última semana, pela psicóloga do Nasf (Núcleo Ampliado da Saúde da Familia) Flávia Pires, uma nota intitulada como “O pesadelo acabou”.

Na nota a psicóloga comenta sobre perseguições que sofreu e outros ataques, confira:

O PESADELO ACABOU (ESPERAMOS!)
Em nenhum momento, ao vir para esta cidade e assumir o cargo de servidora
pública municipal, pensei em me deparar com pessoas de tão baixo calão e falta
total de caráter! Não que não existam em outros locais…
O prefeito genérico, que muitos na cidade ainda insistem em idolatrar e proteger,
fez tanta, mas tanta maldade, praticando atos arbitrários e desrespeitosos contra
muitas servidoras (sim, mulheres!) que é digno de nojo! A população com certeza
não sabe nem da metade do que ocorreu nos corredores da Prefeitura enquanto
esta criatura lá esteve realizando seus desmandos como um verdadeiro ditador
sem moral!!
Eu, obviamente estou me expressando aqui porque fui uma das vítimas dos atos
covardes e antiéticos deste genérico! Mas como se não pudesse piorar ainda
mais ter de aguentar esta criatura, ainda tive de me deparar com a covardia e
falta de ética de colegas diretas do meu setor NASF. Sim para quem não sabe a
coordenadora do Nasf, sempre muito doce e amável com quem lhe convém,
realizou atos que até Deus duvida!! Uma pessoa medíocre como ele, que juntos
se uniram para aplicar constantes processos de Sindicâncias contra mim até que
pudesse me demitir através de PAD!!!!
Não somente esta colega, mas outras, uma (fisioterapeuta contratada) inclusive
muito ajudei em um processo seletivo anterior, tiveram postura vergonhosa,
escondendo de mim o trabalho, largando charadinhas e tendo postura de
assédio, como me afastar de qualquer envolvimento relacionado ao trabalho que
sempre prestei com respeito e ética. Eu, até então sempre elaborei projetos com
o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população assistida pela equipe
do Nasf. Aí me pergunto, o que esperar de profissionais como estas? Que na
primeira oportunidade dão as costas para outra colega com o objetivo único de
garantir seus postos e carguinhos?
Lembro bem quando um colega servidor, ao saber de toda confusão, se
comunicou comigo dizendo da vergonha dessas colegas, verdadeiras cobras
que faziam reuniões às escuras com o então secretário (prefeito genérico) para
arquitetar coisas contra minha pessoa. E este servidor referiu sua indignação,
pois mesmo não me conhecendo, afirma sempre saber o tanto que eu batalhava
por melhorias para TODAS as colegas.
Interessante saber que mesmo em situações adversas e dolorosas, mesmo as
máscaras caindo de muitas, surgem pessoas DE BEM que te estendem a mão
e afirmam: ESTOU CONTIGO PELO TEU CARÁTER E PELA PROFISSIONAL
QUE SEMPRE FOSTE!
Minha consciência está muito tranquila e estou esperançosa com os bons rumos
que a JUSTIÇA possa dar a todos os PROCESSOS contra esta gente
ESCROTA!
À Prefeita Mari Machado e sua equipe, meu desejo de muito SUCESSO!
PSICÓLOGA FLÁVIA CALXTO PIRES.

Grupo A Plateia