dom, 11 de abril de 2021

Jornal A Plateia Digital - 03.04.2021

Última Edição

Queda de 13 torres de transmissão provocou apagão em 21 cidades gaúchas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Segundo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), fato ocorreu devido ao mau tempo e atingiu principalmente a Capital e a região sul do Estado

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou nesta quinta-feira (16) que o apagão registrado em diversas cidades do Rio Grande do Sul tem relação com a queda de 13 torres de transmissão. O fato ocorreu devido ao mau tempo, principalmente na região sul do Estado.

A ocorrência, registrada às 15h43min de quarta-feira (15), resultou em “corte de carga de 600 MW”, afetando, em especial, Porto Alegre e a metade Sul.

Segundo o órgão, que faz o controle da operação das instalações de energia no país, a normalização foi iniciada às 15h55min e, às 17h46min, todas as cargas haviam sido restabelecidas, interligadas por um novo sistema. As linhas de transmissão prejudicadas, contudo, continuam indisponíveis e, de acordo com o ONS, o proprietário das linhas está trabalhando para restabelecê-las.

Moradores de ao menos 21 cidades do Rio Grande do Sul, incluindo Porto Alegre, relataram falta de luz na tarde de ontem. O problema ocorreu por volta das 16h. A maior parte dos relatos é de que o serviço foi interrompido por alguns minutos e voltou em seguida.

Leia a nota completa do ONS

“Sobre a ocorrência da última quarta-feira, (15/1), no Estado do Rio Grande do Sul, foi identificado que houve a queda de 13 torres de transmissão. Há informação de fortes chuvas no momento.

Em consequência, ocorreu o desligamento automático da Linha de Transmissão de 525kV Povo Novo/Marmeleiro 2, ocasionando interrupção de 29MW de carga atendida pela CEEE – Distribuição, nas cidades de Santa Vitória do Palmar e Marmeleiro do Sul, no sul do Estado. Houve também interrupção de cerca de 100 MW de geração eólica conectadas às subestações Marmeleiro 2 e Santa Vitória do Palmar 2.

Houve também o desligamento automático de linhas de transmissão de 230kV do Rio Grande do Sul e da UTE Candiota III às 15h43min.

A ocorrência impactou um corte de carga de 600 MW afetando, principalmente, a capital Porto Alegre e a região Sul do Estado.

A normalização foi iniciada às 15h55min e, às 17h46min, todas as cargas haviam sido restabelecidas.

A UTE Candiota III foi religada às 21h11min.

Até o momento, a LT 525kV Povo Novo/Marmeleiro 2 e LT Marmeleiro 2/ Santa Vitória do Palmar 2 continuam indisponíveis. O agente proprietário das linhas já está tomando as providências para a recuperação das torres.”

Fonte: Gaúcha/ZH

Foto: Internet

Este site utiliza cookies para melhorar o desempenho e entregar uma melhor experiência de navegação para você, além de recomendar conteúdos do seu interesse.
Saiba mais em Política de Privacidade

ACEITAR
Aviso de cookies