As novidades implantadas por Coudet nos treinos do Inter

Técnico comanda trabalhos fechados e em dois turnos no CT Parque Gigante

Eduardo Coudet completou nesta quarta-feira (15) uma semana no comando do Inter. De poucas palavras na reapresentação colorada, o técnico argentino mostrou-se ser mais ativo nos treinamentos da pré-temporada. Trabalhos estes que têm uma palavra chave, repetida a todo instante nos bastidores entre dirigentes e atletas: intensidade.

Apresentado na última terça-feira (14)Marcos Guilherme foi o último a destacar o trabalho do novo comandante. De acordo com o jogador que já passou por Athletico-PRSão Paulo e Al Wehda, o ritmo impressiona.

— Coudet trabalha de forma muito intensa. Ainda não tinha visto nada parecido. Os treinos são muito fortes, e isso será um diferencial nesta temporada — destacou o atacante.

Outro fator incomum foi a utilização da bola desde as primeiras atividades na pré-temporada. Geralmente, os treinamentos iniciais costumam ser com foco total no físico, sem a presença dela. Entretanto, assim como Diego Aguirre em 2015, Coudet manteve a “gorduchinha” viva desde o princípio.

Octávio Manera e Guido Cretari são – ao lado do treinador — as vozes mais ouvidas durante as atividades físicas no CT Parque Gigante. A dupla de preparadores é protagonista no início do trabalho, com participação ativa e dentro do gramado.

Os trabalhos são na sua maioria curtos e privilegiando poucos toques na bola. De quebra, a comissão argentina adota muitos treinamentos fechados neste começo em Porto Alegre. Em sete dias, pelo menos em cinco parte da atividade foi fechada para a imprensa.

Fonte: Gaúcha/Zh

Foto: Ricardo Duarte / Inter

Grupo A Plateia

Adicionar Comentário