Polícia Civil prende 120 pessoas em menos de um mês de Operação RS Verão Total

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
O balanço das três primeiras semanas da Operação RS Verão Total no Litoral Gaúcho prova que a Polícia Civil não tira férias: foram um total de 1.153 inquéritos policiais remetidos à Justiça e 120 presos – 69 no Litoral Norte, 26 no Litoral Sul e 5 na região da Costa Doce/Fronteira, além de 20 prisões realizadas pela equipe do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc) que atua em todo litoral.

Um comparativo entre janeiro de 2020 com o mesmo período do ano passado mostra que o Estado conseguiu reduzir o número de crimes graves – homicídio doloso passou de 36 casos para 21; já os crimes de roubo e roubo de veículo, por exemplo, reduziram de 852 para 478 e de 169 para 103, respectivamente. Os dados são do Departamento de Planejamento e Integração da Secretaria da Segurança Pública do Estado.

Outro fator que, somado à Operação RS Verão Total, tem atuado no sentido de diminuir as taxas de criminalidade no Estado é o RS Seguro – Programa Transversal e Estruturante de Segurança Pública que tem como alvo 18 municípios gaúchos, os quais concentravam quase 90% dos roubos de veículos e 83% dos roubos, além de mais de 70% dos crimes contra a vida no RS. Entre eles, figuram Capão da Canoa e Tramandaí, justamente os dois municípios com o maior número de prisões durante a Operação Verão nas três primeiras semanas – 15 em Tramandaí e 14 em Capão da Canoa.

Aliás, as duas cidades apresentaram redução nos índices de homicídio doloso, roubo e roubo de veículo se comparados os primeiros nove dias de janeiro de 2020 com o mesmo período do ano passado. Em 2020, Capão da Canoa registrou 10 roubos e um roubo de veículo. Já no ano passado, foram 13 roubos e 2 roubos de veículo. O período não registrou homicídios dolosos. Tramandaí, por sua vez, teve 11 roubos e nenhum roubo de veículo ou homicídio doloso em 2020, até o momento. No ano passado, no entanto, esse mesmo período já amargurava um homicídio doloso, um roubo de veículo e 12 roubos.

Conforme a Chefe de Polícia, delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, “a redução nesses delitos é um reflexo direto dos esforços que a Polícia Civil tem empreendido no combate ao crime, ainda mais nesta época do ano, quando o litoral gaúcho é contemplado com o incremento do efetivo policial e a consequente realização de ações estratégicas para coibir a criminalidade”.

Até agora a Operação RS Verão Total também consagrou o sucesso de três operações policiais. Entre elas, a Operação Reveillon, em Imbé, no dia 31 de dezembro, que finalizou o ano com dois presos e a apreensão de três veículos, uma arma e R$ 1,3 mil. A Operação Pancadão, no dia 20 de dezembro, também prendeu duas pessoas – pai e filho -, além de apreender quatro armas, R$ 600,00 e uma quantia em drogas – 383 gramas de cocaína e 1,185 quilogramas de crack.

Queijo e café, harmonização perfeita

Le Carroussel: combinação entre as duas paixões brasileiras é um sucesso A harmonização entre diferentes ingredientes é um dos principais segredos da gastronomia. Queijo e