Rosário do Sul registra mais de 40 casos de ataques de palometas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Durante a primeira onda de calor em Rosário do Sul, quando as temperaturas ficaram próximas aos 40°C, houve relatos de ataques de palometas no Rio Santa Maria, na Praia das Areias Brancas. O número de pessoas atacadas foi superior a 40. Neste final de semana, outras duas pessoas procuraram atendimento médico no hospital local.

Os primeiros relatos ocorreram a partir do dia 31 de dezembro, quando banhistas relataram que foram vítimas de mordidas de palometas. Naquela data foram nove casos. Já no dia 1º de janeiro, mais de 30 casos foram contabilizados. Os guarda-vidas fizeram os primeiros atendimentos e também orientaram os demais banhistas sobre os riscos. A orientação é procurar atendimento médico. Conforme a guarnição, os ferimentos se assemelham uns aos outros, sendo um pequeno corte redondo no local atingido, principalmente nos pés.

Segundo o Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora (HCNSA), procuraram atendimento no plantão de pronto atendimento da instituição duas pessoas no dia 31 e outras cinco no dia 1º de janeiro. Neste final de semana, outros dois banhistas procuraram o HCNSA para receber atendimento após serem alvo dos peixes.

As palometas são peixes carnívoros típicos dos rios do Sul do Brasil, Uruguai e Argentina. Na década de 80, houve uma infestação da espécie em Rosário do Sul. Em 2012, em Toropi, no centro do Rio Grande do Sul, vinte pessoas foram atacadas por um cardume de palometas. Na ocasião, o Ibama informou que o baixo nível do rio Toropi e a escassez de comida poderiam ter provocado o ataque. As palometas, apesar de serem espécie carnívora, não tem o hábito de atacar as pessoas que não estejam com algum corte ou ferimento.

Balneabilidade

Até o momento, a praia das Areias Brancas apresenta condições de balneabilidade, conforme o site da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM). No boletim, divulgado dia 3 de janeiro, dos 92 pontos de banho de praias gaúchas, dez deles estavam impróprios para banho. Deles, sete eram localizados em Pelotas, um em Jaguari, outro em São Jerônimo e o último em Osório. Rosário do Sul, pela última coleta feita dia 30 de dezembro, apresentava a Praia das Areias Brancas como própria para banho. As duas avaliações anteriores também apresentaram condições para a prática do banho.

NÍVEL DOS RIOS – O pouco volume de chuva desde dezembro e o forte calor já modificou a paisagem do Rio Santa Maria, que teve seu leito diminuído, estando com índice negativo. Conforme o Hidroweb, nesta segunda-feira (6), o rio tinha -29cm abaixo do nível normal, que é de 1 metro e 20cm. Já o Rio Ibicui da Armada, que também desagua no Santa Maria, este apresentava 68 cm acima do nível normal de 1,20. A última chuva de 2019 foi registrada no dia 28 de dezembro, com apenas 5 mm. O total de dezembro chegou a apenas 38,0 mm, enquanto que o acumulado de todo o ano foi de 2.807,0mm.

Fonte: Gazeta de Rosário