Inter ficará no grupo do Grêmio caso passe pela pré-Libertadores

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Inter conheceu nesta terça-feira (17) o caminho para a fase de grupos da Libertadores 2020. Caso passe pelas duas fases preliminares, o Colorado entrará no Grupo E, ao lado do Grêmio. A chave conta ainda com Universidad Católica e América de Cali.

Para termos o primeiro Gre-Nal na história da Libertadores, porém, o Colorado precisará passar por dois adversários de fora do Brasil. O primeiro será Universidad de Chile ou Unión Española, que se enfrentam em 24 de janeiro para definir o classificado. A partida de ida será disputada em solo chileno, no dia 5 de fevereiro, e a decisão do confronto ocorrerá no Beira-Rio, sete dias depois. O clube gaúcho leva vantagem por estar melhor colocado no ranking da entidade.

Caso passe pelos chilenos, o Inter terá pela frente mais um mata-mata para tentar garantir-se entre as 32 equipes que vão para os grupos. O adversário sairá do confronto entre Macará-EQU e Tolima-COL – a vantagem de mando é dos colombianos. Independentemente de quem passar, o segundo jogo seria novamente disputado no Beira-Rio.

Indefinição no Chile

A última vaga chilena na Libertadores seria para o campeão da Copa do Chile, mas protestos no país fizeram com que a federação encerrasse a competição na fase semifinal. Como os outros dois semifinalistas (Universidad Católica e Colo-Colo) já tinham vaga garantida, foi marcado um jogo para 24 de janeiro entre Universidad de Chile e Unión Española. O vencedor pegará o Inter.   

Fonte GauchaZH

Quebrando paradigmas – Eis a questão!

Sempre fui meio “fora da casinha”. Para os conservadores, uma disfuncionada precisando de ajuda psicológica; para outros, adiante do meu tempo. A história está aí