Boca avalia condições financeiras e jornal questiona andamento de tratativas por Guerrero

Olé cita possível interesse da equipe Xeneize em Lucas Barrios

Interessado em contar com Paolo Guerrero na próxima temporada, o Boca Juniors vem de um processo eleitoral que terminou com a eleição de Jorge Amor Ameal como presidente. Além disso, Juan Román Riquelme é vice-presidente e comandará o futebol do clube em 2020 ao lado de outros ídolos históricos. A questão que é motivo de preocupação dos novos dirigentes é saber qual o poderio financeiro do clube para contratações. O jornal Olé, em matéria publicada nessa sexta-feira, questiona inclusive o andamento das tratativas pelo centroavante do Inter e cita que o esfriamento da negociação teria precipitado a sondagem por Lucas Barrios, ex-Gremio, atacante cujo contrato foi encerrado no Huracán.

A publicação salienta inclusive que Riquelme já teria em mente um time “top de linha” e outro mais realista.”Román, para se prevenir de qualquer surpresa, já está pensando em dois tipos de equipe. Um top e outro, digamos, mais realista. Dependerá do que vamos encontrar”, diz um dirigente próximo ao ex-craque Xeneize. O caso é que o ex-mandatário Daniel Angelici afirmou que o Boca tem dinheiro em caixa, mas os novos diretores querem saber o quão real é esta informação.

A ideia da gestão de Jorge Ameal é realizar uma auditoria que possa revelar os números do Boca Juniors. Somente a partir daí, Riquelme e seus assessores de futebol poderão trabalhar em contratações.

Fonte: Correio do Povo

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

Grupo A Plateia