Brigada Militar, Polícia Civil e Policia de Rivera realizam operação na Coxilha Negra contra o abigeato

Tenente Coronel Otero – Essas ações não irão parar por ai , porque nós já identificamos os criminosos que estão agindo e estamos monitoramento eles e só uma questão de tempo para eles irem para traz das grades”.

As forças de segurança da fronteira fecharam o cerca contra os crimes rurais. Sobre tudo o abigeato que atormenta os produtores rurais da região. Frente este fato a Brigada Militar, Polícia Civil com a cooperação da Policia de Rivera foi realizada na semana passada um grande operação na região da Coxilha Negra com o objetivo de desarticular quadrilhas especialistas no furto de gado que utilizam aquela região que fica na divisa do Brasil e do Uruguai.

Segundo o comandante do 2º RPmon , Tenente Coronel Otero, o principalmente objetivo da operação foi inibir o crime de furto de abigeato nas região do Espinilho em Santana do Livramento e Coxilha Negra que vinha sofrendo com os ataques de abigeatários. Durante cinco dias mais de 20 policias estiveram realizando patrulhamento e policiamento ostensivo e barreiras em pontos estratégicos da fronteira como forma de coibir as ações criminosas. “Nós agradecemos o trabalho dos nossos policiais e a parceria com a policia civil através da delegada Giovana e com o comissário Gomez de Rivera que após uma troca de informações resultou nessa ação que foi bastante positiva até agora. Nós conseguimos nestes dias zerar os furtos abigeatos naquela região. Com ações fortes e as nossas equipes nas ruas e com a colaboração dos produtores nós conseguimos esse resultado positivo. Essas ações não irão parar por ai , porque nós já identificamos os criminosos que estão agindo e estamos monitoramento eles e só uma questão de tempo para eles irem para traz das grades”.

Coronel Otero juntamente com todos os comandantes das unidades que compõem o 2º RPmon

Fotos e texto – Matias Moura

Grupo Aplateia