Vereador articula mobilização estadual contra pacote do Governo

Uma grande mobilização, envolvendo mais de 150 municípios gaúchos, deverá encaminhar ao presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, nos próximos dias, uma proposta de solução para a crise nas relações entre o Governo do Estado e os servidores, que levou à paralisação de grande parte do magistério público com a consequência direta do atraso no encerramento do ano letivo. A proposta está sendo articulada pelo vereador Antônio Zenoir, de Sant’Ana do Livramento, e já foi apresentada a algumas lideranças de classe dos servidores gaúchos.

A mobilização envolve principalmente os municípios cujas Câmaras de Vereadores também aprovaram Moções de Repúdio contra o pacote de medidas encaminhada à Assembleia pelo Governo do Estado.

A Câmara de Vereadores de Livramento foi a primeira no Estado a aprovar a moção de repúdio, levada ao conhecimento de cada um dos 55 deputados gaúchos por uma comitiva integrada pelo próprio vereador Zenoir, autor da proposta, e pelos colegas Leandro Ferreira e Ulberto Navarro “Garrão”.

A partir dessa iniciativa, outros municípios começaram a votar e aprovar manifestações formais de contrariedade ao pacote de medidas que tramita na Assembleia gaúcha.

Com o apoio do deputado Luiz Marenco, Antonio Zenoir agora está convidando representantes dos municípios que já se posicionaram contra as medidas para uma grande manifestação na Capital do Estado, na semana que vem.

O objetivo, segundo o Vereador, é entregar ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Luis Augusto Lara, a sugestão de que seja retirado o regime de urgência da apreciação do pacote de medidas do Governo do Estado. “Com a tramitação normal, permitindo uma discussão mais aprofundada dessas propostas que tanto impacto terão na vida profissional dos servidores e, na verdade, em toda a população gaúcha, acreditamos que será possível um novo patamar nas relações entre o Governo e a sociedade”, defendeu o vereador Antonio Zenoir.

Grupo Aplateia