Polícia Civil paralisa suas atividades até quinta-feira (14)

 
Paralisação se dá por conta da categoria ser contra ao pacote de mudanças apresentadas pelo Governador Eduardo Leite. Somente registros de casos contra a vida e Maria da Penha estão sendo realizados.
 
Os passos seguintes da mobilização, serão a retomada da Operação Cumpra-se a Lei, convocação de uma Assembleia Geral com discussão de indicativo de greve e a intensificação da pressão sobre os parlamentares para a votação do Pacote do Retrocesso de Eduardo Leite.
 
No dia 14, segundo dia de paralisação, será realizado um ato conjunto com todas as categorias do serviço público gaúcho, denunciando e repudiando o Pacote do Retrocesso. 

Grupo A Plateia