Presidente do Grupo A Plateia participa do voo de retomada da aviação regional

 

A quinta-feira 19 de setembro de 2019 entra para a história como sendo o dia que ficou marcado pela retomada dos voos regionais para a região da campanha, precisamente para a cidade de Bagé. Na tarde de hoje um grupo formado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Luís Augusto Lara, presidente do Grupo A Platéia de Santana do Livramento, Antonio Badra, presidente da Farsul, Gedeão Pereira e o deputado federal José Afonso Ebert Hamm, sai do aeroporto Salgado Filho em Porto Alegre em direção da cidade de Bagé. Segundo o deputado Afonso Hamm este é um importante passo para o desenvolvido da região.

”A retomada dos voos em Bagé é um grande passo para o desenvolvimento da região. Neste momento, estamos na aeronave modelo Cessna 208B Caravan e já vamos decolar do aeroporto Salgado Filho de Porto Alegre com destino ao Aeroporto Internacional “Comandante Gustavo Kraemer”. Chegaremos em Bagé por volta das 16h. O comandante do voo é o bageense Emílio Mansur” escreveu em uma rede social.

 

Voos entre Bagé e Porto Alegre iniciam sexta-feira

Nesta sexta-feira deve ter início os voos da Gol/TwoFlex com a aeronave Cessna 208 Grand Caravan, que conta com nove lugares, para passageiros, distribuídos em três fileiras. Os outros dois assentos são destinados para piloto e copiloto. As passagens começaram a ser comercializadas há pouco mais de um mês.

De acordo com a assessoria de comunicação da Gol, o primeiro voo, com saída de Bagé, acontece às 6h45min. A previsão é que a aeronave pouse, pela primeira vez, em Porto Alegre, às 8h. O retorno da capital para a Rainha da Fronteira será às 18h45min, com chegada programada para às 20h. A partir de então, a rota acontecerá diariamente, exceto nos domingos para idas e sábados para o retorno. Além de Bagé, os novos destinos da Gol no RS são Santa Rosa, Rio Grande, São Borja, Santana do Livramento e Passo Fundo. Até dezembro, todos serão iniciados.

A aeronave Cessna 208 Grand Caravan é um monomotor, de trem de pouso fixo, que começou a ser produzido na década de 1980. A maior operadora desse modelo, atualmente, é a Fedex, nos Estados Unidos. No Brasil, há mais de 200 deles em operação. A TwoFlex utiliza 18 e destaca que a velocidade de voo é de 300 km/h. Os aviões são equipados com radar meteorológico e com EGPWS (Enhanced Ground Proximity Warning System ou, em tradução livre, sistema melhorado de alerta de proximidade ao solo). As três aeronaves que serão usadas pela empresa, no Estado, foram produzidas entre os anos de 2009 e 2011.

Por se tratar de uma aeronave pequena, que voa até 10 mil pés de altitude, é possível que esteja disponível o 4G. Os jatos comerciais voam, em geral, com altitude entre 37 mil e 39 mil pés. Por serem voos curtos, de até duas horas, não há banheiro disponível.

Conforme a TwoFlex, ainda não há definição sobre o limite de peso de bagagem por passageiro.

 

Fonte: Assessoria Deputado Afonso Hamm ; Portal Qwtry e Jornal Minuano/Bagé

Grupo Aplateia