Renato encaminha time em treinamento fechado no CT

Com a presença de Diego Tardelli em campo, o Grêmio realizou trabalhos técnicos na tarde desta quinta, no CT Luiz Carvalho, em preparação ao jogo contra o Flamengo, sábado. Ausência na atividade de ontem, o atacante trabalhou normalmente e pode estar em campo. O treinamento desta tarde foi dividido entre um período fechado, no qual a comissão trabalhou a estratégia do jogo do Rio de Janeiro, e uma atividade técnica em campo reduzido na parte aberta à imprensa. Sem desenho tático, o grupo foi divido em três equipes, com mini-jogos entre dois times que se alternavam. Autor de um gol no empate com a Chapecoense,
Diego Tardelli fez o primeiro treino completo na semana e pode começar o jogo de sábado, que terá time alternativo. A escalação, p o r é m , será divulgada já no Maracanã, pois o treino terá p or tõ es fechados. O centroavante Luciano pode ser a principal atração, estreando com a camisa azul, preta e branca. Possível
titular, o zagueiro David Braz atendeu a imprensa em entrevista coletiva e projetou o jogo de sábado.
O Grêmio enviou um ofício à CBF solicitando o adiamento do jogo contra o Atlhetico-PR, marcado para o dia 24 de agosto, pelo Brasileirão. Esta partida
ocorrerá exatamente entre os dois jogos decisivos contra o Palmeiras, pelas quartas de final da Libertadores. O problema é a que equipe paulista já conseguiu o adiamento do jogo contra o Fluminense, que seria no dia 25 de agosto. Logo, os palmeirenses terão uma semana cheia para treinamentos entre os dois confrontos. Alegando “tratamento desigual”, a direção gremista quer ter o mesmo calendário do rival. — Nos causou estranheza este tratamento desigual. Essa mudança causou um privilégio ao Palmeiras. Pedimos que fosse dado o mesmo tratamento ao Grêmio, nem que seja para cumprir a tabela mais adiante — explica o presidente do Grêmio, Romildo
Bolzan Júnior. A CBF adiou o jogo entre Palmeiras e Fluminense para o dia 10 de setembro, por conta dos jogos das duas equipes pelas competições continentais. Enquanto os cariocas enfrentam o Corinthians no dia 22 pela Copa Sul-Americana, os paulistas jogam contra o Grêmio no dia 27, pela Libertadores. Logo, no entendimento da entidade, a partida não poderia ocorrer no sábado (dia 24) nem no domingo (25), pois um dos times seria prejudicado. Da forma como o calendário ficou estabelecido, o Palmeiras terá uma semana cheia para treinamentos entre os dois jogos, marcada para os dias 20 (na Arena) e 27 (no Pacaembu). Enquanto isso, a equipe gremista terá um confronto com o Athletico-PR no dia 24. A CBF ainda não respondeu à solicitação gremista.

Grupo Aplateia