Mais de 700 jovens da Fase são inscritos para participar do Encceja PPL 2019

Avaliação é voltada a quem não concluiu os estudos na idade adequada, servindo como oportunidade para obtenção dos certificados – Foto: Divulgação / Fase

A Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase) contabilizou os dados sobre a participação da instituição no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade (Encceja Nacional PPL) 2019, encerradas em julho. Ao todo, 720 jovens do sistema socioeducativo gaúcho estão aptos a participar das provas elaboradas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que serão aplicadas nos dias 8 e 9 de outubro.

A avaliação é voltada a quem não concluiu os estudos na idade adequada, servindo como oportunidade para obtenção dos certificados de conclusão de escolaridade. Pela fundação, participarão 525 jovens que buscam o diploma do Ensino Fundamental e outros 195 que objetivam o término do Ensino Médio. Para a chefe do Núcleo de Escolarização da Fase, Cíntia Ximenes, a “certificação do Ensino Fundamental ou Médio, obtida mediante a aprovação, habilita esses jovens a buscar melhores oportunidades de inserção no mercado de trabalho, considerando que a baixa escolaridade dificulta uma colocação”, disse.

O Encceja é composto por quatro provas objetivas, com 30 questões de múltipla escolha, por nível de ensino, e uma redação. No Ensino Fundamental, as áreas de conhecimento avaliadas são Ciências Naturais, Matemática, Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física, Redação, História e Geografia. No Ensino Médio as áreas são Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Linguagens e Códigos e suas Tecnologias e Redação; e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

Grupo Aplateia